Artigo, Aquillino Dalla Santa Neto, Zero Hora - o Brasil em chamas

- Professor de Filosofia

Nenhuma situação provocou tanta tensão em toda a história do Brasil quanto os últimos atos criminosos que ameaçam e barbarizam diariamente as capitais do país.

O que realmente nos preocupa está identificado no fato de estarmos vivendo uma situação que, a cada dia, demonstra ser irreversível, fazendo com que toda a sociedade comece a pensar como será daqui para a frente. Hoje, o simples pensamento de não sabermos mais se retornaremos vivos para casa ou se iremos para o necrotério em sacos plásticos faz com que a intranquilidade e o desespero atinjam e liguem todos (independentemente de classe social ou nível cultural), numa luta constante para se manter longe das estatísticas de vítimas de latrocínios e assassinatos.

Identificar os motivos em uma breve análise do porquê de estarmos vivendo um estado de sítio num país democrático e em pleno século 21 poderia ser inútil aos olhos de quem sofre as consequências na pele e não tem tempo para refletir a respeito.

CLIQUE AQUI para ler tudo. 

5 comentários:

sempre mais disse...

O porquê de estarmos vivendo isso tem um nome e começa com L. Enquanto estver solto, o pagador de impostos não terá paz. Simples assim!

Anônimo disse...

São os efeitos perversos dos exércitos do psicopata que faz comício até em velório e que ainda está livre, leve e solto junto com seus corruptos sindicalistas de aluguel.

Anônimo disse...



Faltou o link para ler o assunto.

Unknown disse...

Desarmamento é responsável e armamento é a solução

Unknown disse...

Nossas autoridades não tem consciência de suas atribuições com a sociedade e não exercem sua autoridade!!!
Há um "não é comigo" no ar brasileiro que só vai passar quando Lulla for preso!!!
Até lá, paira a dúvida de que o responsável o é!!!