RS registrou 600 homicídios e 5 mil roubos de carros a menos em 2019

O secretário da Segurança Pública e vice-governador, delegado Ranolfo Vieira Júnior, disse hoje que a utilização de evidências científicas, bem como o foco territorial nos 18 municípios que concentraram os maiores índices de violência nos últimos 10 anos, foram instrumentos fundamentais para que o Estado registrasse quase 600 homicídios e 5 mil roubos de veículos a menos entre janeiro e novembro, na comparação com igual período do ano passado.

O secretário, que é também vice-governador, fez um balanço do ano na sua área.

Ele informou que  este ano, os investimentos de quase R$ 140 milhões, permitiram a aquisição de mais de 600 viaturas, quase 350 armamentos e 9,6 mil coletes balísticos.

4 comentários:

Coronel Estrela disse...

Ranolfo é humilde, discreto e competente, uma grata surpresa para os gaúchos. Claro que o governo Bolsonaro ajudou muito com mudanças estratégicas, recursos e nenhuma conversa fiada.

Anônimo disse...

O que mais aumentou foram o número de ocorrências não registradas, o que não quer dizer que não existiram. Ele não mencionou o número de policiais mortos em confronto.

Anônimo disse...

Homicídios não registrados meu caro das 19:37 ?
Pensa antes de escrever ...

Anônimo disse...

E o repórter da RBS assaltado ao vivo em plena luz do dia?