Bolsonaro irá ao ato de coroação de Naruhito, novo imperador do Japão

O presidente Jair Bolsonaro avisou, hoje, que irá à coroação do novo imperador do Japão, Naruhito.

Será dia 27.

9 comentários:

Ultra 8 disse...

Alerta ao povo burro e adormecido pela criação do estado laico maniqueísta maçônico anticristão!

O "foro de São Paulo" não é coisa do PT, para alcançar "a pátria grande", foi lançada por Michel Temer em 1988 na "constituição cidadã".

Leiam texto abaixo, e depois, busquem mais inforamações.

Temer, não foi vice da Dilma por acaso...

realidade política prevista na Constituição Federal de 1988, cujo conceito foi criado no século XIX fundamentada nas propostas dos movimentos revolucionários e do qual o Foro é ramo terciário e não o tronco principal.
A criação da Pátria Grande está prevista na Constituição de 1988 no parágrafo único do Artigo 4:
"Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios:
Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações."
Traduzindo em miúdos, a "formação de uma comunidade latino-americana de nações" é a Pátria Grande. É consabido que a inserção deste Artigo deve-se ao então deputado Michel Temer/PMDB, ex-presidente da República, e não ao PT. Sobre a Pátria Grande, Michel Temer na 15ª edição da Conferência do MIT sobre América Latina afirmou:
O processo de integração latino-americano decorre, para o Brasil, portanto, de determinação constitucional. Nascida da vontade popular, a integração é plasmada no Texto Magno como imperativo para o governante. Assim como o Povo brasileiro se decidiu pelo caminho da integração regional, a mesma opção poderia também estar refletida no mandamento constituidor das regras máximas da ordem nos países latino-americanos. Mais ainda, os próprios instrumentos internacionais decorrentes das relações entre as Nações do hemisfério poderiam refletir sempre esse anseio dos povos latino-americanos [2].
Isto posto, a bravata falaciosa da "neodireita" e do governo de Jair Bolsonaro é tremenda, pois, combater o Foro não extingue a Pátria Grande e ela, por determinação constitucional, como bem disse Temer, será executada sendo muito improvável que Jair Bolsonaro suprima este parágrafo único da Constituição de 1988. Aliás, dentro deste escopo, à guisa de exemplo, as placas dos veículos brasileiros já estão adaptadas para o "padrão" do processo de integração latino-americano.

Justiniano disse...

Certamente o lularápio não iria porque achava que deveria ser coroado rei do país era ele.

Sylvio disse...

Que fique por lá !!!

Anônimo disse...

Como? Gilmar Mendes vai ser coroado imperador do Japão? Achei que ele estava de olho no trono de Elisabeth da Inglaterra...

Anônimo disse...

A URSAL é plano de um grupo maior, englobando todos estes e outros.
Todos Comunistas em prol de uma única América Latina Vermelha.

Anônimo disse...

Bom lembrar o pai da criança, o Parágrafo único: "A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações."

Mas isso não isenta os demais, eles estão todos juntos para o mesmo fim.

O Brasileiro tem memória curta!

Anônimo disse...

Tem vários políticos infiltrados pra criação da URSAL, e não são necessariamente do PT ou de partidos de esquerda ligados diretamente ao comunismo ou socialismo.

Anônimo disse...

Todos vermelhos querendo virar reis e rainhas, duques e duquesas, marquês e marquesas, verdadeiros ditadores e ditadoras da nova Pátria Grande.
E o povo voltando aos tempos medievais, escravos dos senhores donos da Terra, de tudo sobre elas e de suas vidas.

Anônimo disse...

O plebeu Bolsonaro irá na coroação e a nobreza do Supremo vai ficar só olhando? A reencarnação do rei sol Luís XIV, Gilmar Mendes não foi convidado? Os comedores de lagosta e bebedores de vinho premiado lá do Stf ficarão de fora da festança? Está certo isso?