Em Cachoeirinha, RS, ladrão assassino mata fotógrafo em pleno local de trabalho

Ao reagir a um assalto, o fotógrafo Douglas da Costa foi morto por um ladrão assassino, ontem, na zona central de Cachoeirinha, Grande Porto Alegre.

Ele estava trabalhando no atelier quando o bandido anunciou o assalto. Douglas reagiu e foi morto.

2 comentários:

Anônimo disse...

fotógrafos ficam muito vulneráveis por conta da exposição do equipamento durante o trabalho...

mas mesmo se estivesse armado, as chances de reagir seriam baixas, porque o elemento assassino sempre conta com o fator surpresa...

Cris disse...

Quando coisas assim pararem de acontecer a toda hora passarei a elogiar Secretarios de Segurança.
Por enquanto... não dá...