Bolsonaro ironiza jornalistas da Globonews: "Olha quanto guarda-chuva !"

O presidente eleito Jair Bolsonaro resolveu ironizar os jornalistas da Globonews, que esta semana entrevistaram o governador Wilson Witzel, Rio.

"Acho que vai cair uma tempestade, olha quanto guarda-chuva", escreveu o presidente eleito em postagem irônica.

Acontece que a repórter Maria Beltrão, na entrevista, disse ao governador eleito do Rio, depois que ele defendeu o uso de atiradores de elite:

- Vamos imaginar o seguinte cenário... um cidadão está com um gurda-chuvas e o sniper confunde e atira nele ?

E ?

Foi a pergunta mais estúpida do ano.

23 comentários:

Anônimo disse...

Hoje é missa de sétimo dia da esquerdalha.

Anônimo disse...

nao, o Bolsonaro nao escreveu isto. Vide foto que voce mesmo postou e veja la o autor.

E'muito dificil pedir para nao perder pedacos da verdade pelo caminho?

Especialmente quando se e'jornalista em contexto sensivel como o politico, era de se esperar muito mais cuidado. Credibilidade e' tudo, entao porque perde-la sendo descuidado?

Anônimo disse...

Lkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkklk

mauricio moreira disse...

Não foi a Maria Beltrão e sim Flávia Oliveira quem falou em guarda-chuva.

Mordaz disse...

Para os direitos humanos é apenas instrumento de trabalho.

aparecido furlaneto disse...

Um sujeito explicava ao amigo como se defende de uma onça.. e o amigo sempre questionando que a onça seria mais esperta que ele...depois de varias tentativas ele se irritou e disse : Afinal você é meu amigo ou AMIGO DA ONÇA ???? ou melhor : os jornalistas são amigo dos brasileiros ( cariocas) ou AMIGO DOS BANDIDOS ?????? Neste caso a gente nem desconfia, a gente tem certeza...

Emmanuel Carlos disse...

Não sei quem disse, porque não sou fã da Globo; mas que alguém disse "um cidadão com um fuzil, de costas, sem representar perigo...". Olha: o cidadão de bem com uma garrucha velha sem licença é perigoso e vai preso .... já o bandido com um fuzil, de costas ... não representa perigo. Ora, tem gente que perdeu o senso do ridículo!

Justiniano disse...

Um bom sniper atira acima de 1 mil metros. Já é um começo.

Vai faltar bala para acabar com a bandidagem armado nas favelas.

A Grobo está preocupada porque tem muitos adolescentes "di minor" com armas de guerra que serão abatidos. Grobo vai chamar os do ECA.

Anônimo disse...

Um CIDADÃO armado com FUZIL...só podia partir essa pergunta de um jornalista dessa rede globo apoiadora de bandido.

Anônimo disse...

Se Bolsonaro, ou seus seguidores, usarem a mesma postura beligerante, SOU EU QUE MANDO, seu governo não vai durar um ano.
Não vai adiantar nem o respaldo do Moro.

Já tivemos Jânio e Collor para dar o exemplo.

Anônimo disse...

Comentário "no alvo" e com trocadilho. rsrs

Anônimo disse...

ainda estou esperando aquela senhorita nos dizer quais são os VARIOS casos de gente que foi baleada por ter seu guarda chuva confundido com um fuzil...

e furadeira elétrica também...

alias, quantos cidadãos ela deve encontrar pelas ruas carregando uma furadeira elétrica?

mais fácil ganhar na Sena...

Anônimo disse...

e afirmação mais estupida do ano foi a que alguém de fuzil na mão, mas estando "DISCOSTAS", não oferece perigo...

Anônimo disse...

Vc tá certo a verdade é que Lula é o homem mais honesto do planeta...essa é a única verdade o resto é resto

Anônimo disse...

Mas esses não tinham o respaldo das bancadas da bala, dos evangélicos, dos ruralistas, dos empresários e 52 deputados do sol...veja que ninguém está comprado como fez o governo dos últimos 13 anos

Anônimo disse...

A situação do Rio de Janeiro está insustentável. Ter fuzil nas mãos do crime com tanta frequência é a falência da segurança pública. São 30 anos dessa omissão. Agora que chegou ao menos um governador disposto a ir contra tudo isso, criticam ele?

Como alguém normal defende uma situação dessas?

Pelo visto os jornalistas gostam é de tragédias para vender notícias e granhar prêmios como o Emmy explorando a tragédia alheia.

Anônimo disse...

O Bolsonaro já falou que dará carta branca ao Moro e Paulo Guedes. Que ele não é centralizador. Ele só se intrometer quando passa dos limites.

Anônimo disse...

Estava assistindo esta entrevista. Quando a tal repórter falou sobre os guardas-chuva mudei na hora. Que mulher ignorante! Sou do tempo do esquadrão da morte e lembro que os bandidos se entregavam aos montes de medo deles. Moro em São Paulo e apoio 100% o futuro governador do Rio.

Anônimo disse...

Prezado anonimo das 13:18,Janio Quadros era um bêbado e comunista e Collor cheirador de cocaína e corruPTo.Bolsonaro não é bêbado,não é comunista,não cheira cocaína e não é corruPTo.
Quem aprendeu a viver de acordo com o que estava posto,certamente vai estranhar certas mudanças.Já tem gente chiando,mas fiquem calmos,as coisas vão melhorar.
Agora temos que confiar,ajudar e trabalhar para recuparar o estrago,sem esquecer que escapamos por pouco de uma tragédia social.

Anônimo disse...

por que tem gente que acha uma boa ideia escrever errado entre aspas. Vide o "discostas". O cara sabe a grafia correta mas escreve errado entre aspas imaginando que alguem em algum lugar valoriza isto?

Anônimo disse...

Tchê, hoje num hotel em Canela um carioca me falou: -Parceiro, que maravilha, passei uma semana na Serra sem ouvir um estampido de tiro!!!!

Tati M® disse...

Realmente, ele não escreveu. Ele compartilhou. A intenção é a mesma.

Heloisa disse...

Maria Gordinha Beltrão é a oligofrênica-mor entre todos os oligofrênicos da Goebbels-Lixo. Só soube disso por esse vídeo aqui no blog, porque não perco meu tempo com esses cretinos.