PF apreendeu 168 mil dólares em espécie na casa de ex-dirigente do BNDES


José Cláudio Rego Aranha é investigado na Bullish sob suspeita de atuação irregular nos aportes na JBS

Nesta reportagem da revista Época de hoje, o repórter Aguirre Talento conta que a Polícia Federal apreendeu 168 mil dólares, em dinheiro vivo, na residência de um ex-integrante da cúpula do BNDES investigado na Operação Bullish, José Cláudio Rego Aranha, que comandou o departamento de mercado de capitais do banco e participou dos aportes na JBS. 

Leia toda a reportagem:

O resultado das buscas realizadas pela PF nos endereços de Aranha durante a deflagração da Bullish, em 12 de maio do ano passado, foi revelado com exclusividade na edição desta semana da revista ÉPOCA.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

4 comentários:

Anônimo disse...

Mas não tem ninguém sério nesse pai?

Anônimo disse...

IMAGINA NOS 13 ANOS DO PT NANICO QUE DEITOU E ROLOU NO BNDES

Anônimo disse...

Podem continuar procurando, pois com o aParelhamenTo do BNDES, ainda tem muito dinheiro a ser recuperado.

Gilson disse...

Ora, ele apenas não confia em bancos!