Notícia-crime contra o presidente do Banco Santander já está protocolada no MPF.

Já tem número a notícia-crime protocolada pelo advogado gaúcho Adão Paiani contra o presidente do Banco Santander, Sérgio Rial, tudo no âmbito da exposição satânica de arte intitulada Queermuseu, realizada no espaço do Santander Cultural, Porto Alegre.

E levou o número 20170071156, dia 14 de setembro.

O advogado, que é membro da equipe de consultores jurídicos da bancada federal do DEM, resolveu protocolar sua representação diretamente na sede do MPF, Brasília, conforme a foto ao lado.

Além de Rial, Adão Paiani também quer que o MPF abra processo penal contra o curador da mostra, Gaudêncio Fidelis.

11 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

TEM QUE BOTAR NA RODA O PROMOTOR DA INFANCIA E JUVENTUDE QUE APOIA ESSA VERGONHA.
JOEL

Anônimo disse...

Entopem o judiciário com bobajadas e depois reclamam que é lento!

Anônimo disse...

tem meter na cana dura essa dona do banco Staner ela acha q so porque e` rica pode mostrar foto de crian;a pelada com adulto?

Carlo Germani disse...

O editor,Políbio Braga,foi o único jornalista a usar a palavra certa para esses eventos esquerdistas: SATÂNICA.

Sim,toda a agenda revolucionária esquerdista-"progressista",nada mais é do que um projeto satânico.

PS-Para atestarem esse conceito,sugiro a leitura do livro:
Kitáb-I-Aqdas de Bahá'u'llhá ( o mentor maior da insana e SATÂNICA Nova Ordem Mundial).

PS2-Esse projeto (em plena execução) da Nova Ordem Mundial,tem,além de um governo ditatorial e totalitário mundial,a meta maior de ordem espiritual
(satânica).

Anônimo disse...

Muito bom, tem que processar mesmo, parabéns à esse pessoal do DEM!

Anônimo disse...

ESSA EXPOSIÇÃO FOI FEITA PELO PRÓPRIO SATANÁS SÓCIO DO SANTANDER.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Destruir, difamar e impedir de criar pessoas de bem, livres e não manipuláveis, eis métodos de implantar o plano de poder, o outro mundo possível das esquerdas. Só tem um problema, se ferraram pois a internet permitiu mostrar todo o cinismo e a hipocrisia desta quadrilha globalizada. 2018 será o fim das nossas esquerdas pelo voto livre, não comprado e nem cabresteado.