O cofre de Ademar de Barros e as traições do sargento Alberi.

11 comentários:

Anônimo disse...

Pois é assalto gigantesco de milhoes e milhoes e claro dilma participou- bandida nojenta guerrilheira de m . onde tem roubo tem pt e ela no caso hahahah nojeira pura, escoria maldita

Anônimo disse...

o titulo DO LIVRO poderIA SER

DILMANDIOCA DO ROUBO AOS ROUBOS

KKKKKK
ME AJUDA AI

A MESTRE EM PILANTRAGEM ME AJUDA AI

Anônimo disse...

Dilmetralha assaltante e guerrlheira ainda tambem tem o triste caso do soldado mario em 68 o pobre soldado tava em seu ambiente d trabalho e nogaram bomba que o explodiu dimnanta e sua turma foram os q isto fizeram. Esta dona tem q apodrecer na cadeia por tantas maldades

Anônimo disse...

Até agora os militares foram tidos como os maus dessa história. A verdade é que estávamos em guerra. A guerrilha urbana foi terrível (assaltos a bancos, morte de soldados - sem situação de confronto - invasão de delegacias para roubar armas, etc.). Os militares reagiram a tudo isso com parcimônia (vejam os números)e conseguiram atrasar os planos esquerdistas em 30 anos.

Anônimo disse...

Dilma nunca foi guerrilheira. Jamais enfrentou tropas armadas em combate. Ela foi "apenas" uma terrorista, assaltando bancos, roubando casas, colocando bombas etc.

Anônimo disse...

Como chamar de guerrilheira uma besta que se tiver que montar uma arma é capaz de colocar o cano virado ao contrário?

Anônimo disse...

Até hoje não foi esclarecido o destino dos US$ 2.5 MILHÕES roubados do cofre da amante de Adhemar, pela VPR. Não sei se o livro desvenda o mistério. Adhemar foi considerado, por muito tempo, o maior ladrão de obras públicas. Hoje, comparado às rapinagens do PT, poderia ser considerado um aprendiz. Naquela época, o produto do roubo ficava na casa dos MILHÕES . Hoje , nos BILHÕES. !!! Tia Glória.

Anônimo disse...

Gostaria muito que o senhor publicasse e ficaria muito feliz!

"“Tanto na Argentina como no Chile, houve oficiais que tentaram virar a página e reconheceram que erraram no passado, mas no Brasil parece haver um compromisso institucional das Forças Armadas com a defesa do regime militar”, diz o cientista político norte-americano Anthony Pereira, professor do King´s College, de Londres, e autor de um estudo comparado sobre o que ocorreu nos três países."

http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2014/03/23/o-golpe-e-a-ditadura-militar/o-acerto-de-contas.html

Anônimo disse...

Caro Editor , a Guerrilha de Três Passos não é ainda conhecida pelos brasileiros. Desculpem-me os brizolistas, mas Brizola colocou fogo na caldeira política , efervescente à época, caiu fora e deixou os guerrilheiros dos Grupos dos Onze entregues à própria sorte. O destino do US$ 1 MILHÃO, que recebeu de CUBA para a implantação da guerrilha, também é um mistério .!!! Tia Glória .

Marcelo disse...

Comprei teu livro na Saraiva, e o do assalto da Dilmandioca...

Anônimo disse...

Hein???? Operação Condor II urgente!!! Sim, apóio PM e Exército.