Senado votará limites a super-salários no dia 7

CLIQUE AQUI para ler, também, "Combate aos super-salários", editorial de Zero Hora.

O projeto que regulamenta o teto dos salários dos servidores públicos irá a voto no dia 7 de dezembro. A proposta também irá sanear acúmulos e toda a cascata indevida.

A senadora Kátia Abreu, que é relatora da Comissão Especial que faz um pente fino nos supersalários dos três Poderes, queixa-se de pressões do Judiciário e avisa:

- Receber salário indevido também é corrupção.

A senadora Kátia Abreu ficou ao lado da presidente cassada Dilma Roussef, de quem foi ministra, e a quem considera uma das figuras públicas mais honestas do Brasil.

4 comentários:

Anônimo disse...

http://www.ilisp.org/noticias/jose-mujica-sera-investigado-no-uruguai-por-esquema-de-corrupcao-com-envolvimento-de-lula/

Anônimo disse...

Honestíssima,a propósito ela já devolveu os presentes que surrupiou e que pertencem à Nação?

Anônimo disse...


O Lula fudeu todo mundo, não foi só no Brasil o estrago do molusco.

Anônimo disse...

CADE OS SUPERSALARIOS DA DILMA QUE FOI CASSADA ELA CONTINUA GANHANDO É... ALEM DE TER SEGURANÇAS, ASSESSORES, CARROES, MOTORISTAS DISTO A ASQUEROSA DA AMIGA DELA A KATIA ABREU NAO FALA