Cpers manda parar novamente as escolas estaduais

O Cpers mandou parar novamente as escolas estaduais durante a jornada desta sexta-feira. Desta vez, foi protesto contra a PEC do Teto dos Gastos e a Reforma do Ensino Médio, duas decisões do governo federal.

O Cpers está destruindo o que resta do ensino público estadual gaúcho.

24 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

O CPERS deve ser responsabilizado CRIMINALMENTE por deixar menores vulneráveis (abaixo de 14 anos) sem educação.

Cadê o MPE?? Cadê o Conselho Tutelar?? Cadê a Defensoria Pública?? CADÊ???

JulioK

Unknown disse...

Alguma novidade???

Anônimo disse...

O que falta para os orgãos de defesa da cidadania responsabilizar criminalmente este bando de sindicalistas safados, pusilânimes, criminosos, nojentos, asquerosos e o que valha. Não valem o ar que respiram.

Anônimo disse...

Simples balão de ensaio para ver quem restou no barco do PT. A verificação do termômetro comprova que o povo não aceita mais a ideologia inconseqüente. Mass

Anônimo disse...

Com o beneplácito da população.
Os pais permitem, o governo se omite, a imprensa apoia.
Os únicos prejudicados são os estudantes

Anônimo disse...

Essas professoras comunistas desse sindicato pelego - CPERS, não protestaram contra o atraso genro, qdo elle não pagou o piso salarial do magistério(foi elle quem criou o piso e não pagou). Agora esse sindicato pelego do PT(partido das trevas e do atraso) fazem greve exigindo o piso.

Anônimo disse...

Que o CEPERS chame o OLÍVIO o TARSO, professores desonestos com ensino no RGSUL.

Anônimo disse...

ESQUEÇA O GOVERNO, PAIS PRECISAM AGIR EM COMUNIDADES E TOMAR AS RÉDEAS DA EDUCAO DE SEUS FILHOS ELES MESMOS.

Anônimo disse...

Na atual conjectura, quem fez greve ou paralisação sexta-feira deveria amanhecer segunda-feira no olho da rua. Basta de impunidade.

Anônimo disse...

coloquem eles na cadeia estao usando menores como massa de manobra isto é crime

elton disse...

Esse sindicato é o grande responsável pela situação de penúria do ensino estado e também pela desvalorização dos professores.

Unknown disse...

Políbio, sugiro uma campanha permanente no site pelo fim do imposto sindical

Anônimo disse...

Enquanto Sindicatos irresponsáveis nao forem responsabilizados pelos prejuízos que geram à sociedade, continuaremos assistindo diariamente a esse circo de horrores. A tentativa de uma "República Sindical " não é nova, já vimos esse filme várias vezes no passado !!!

Anônimo disse...

Concordo plenamente com o anônimo das 12:24h, das 12:55h e das 13:08h. Devemos responsabilizar o governo atual e buscarmos urgente solução para a Educação no RS. A Educação não poderá mais ser banalizada por um Sindicato que representa um partido ( hoje PT ) A vida e a educação dessas crianças e adolescentes não pode e nem deve ser entregue nas mãos desses irresponsáveis e inconsequentes. Queremos o CPERS longe da Educação. Faz anos que os últimos governos nada fazem pela educação e o povo aceita.

Anônimo disse...

Enquanto não exigirmos educação do governo para nosso povo, estaremos cada vez mais superlotando os presídios.

Anônimo disse...

O que representa o CPERS na Educação se nem eles o tem?

Anônimo disse...

Dilma saqueou 6 bilhões da Educação para cobrir furos da sua gestão e não vi o CEPRS fazerem paralisação contra seu governo. O povo deve ir sim para a rua e fazer movimentação para excluir o CPERS da Educação. A Educação é coisa séria e como tal deve ser tratada. " FORA CEPRS "

Anônimo disse...

Se quisermos um povo culto, temos que lutar para termos um ensino de qualidade. Apartidário. Educação é uma coisa, política é outra. Não devemos confundir. É o que está acontecendo hoje. O CPERS é um Sindicato e junto estão milhares de pessoas buscando salário para se locupletarem. Vamos lutar por um ensino de qualidade.

Anônimo disse...

O povo é quem aceitou a Educação ser administrada por bando de ignorantes do CEPRS que só sabem fazer política. Está na Constituição Federal que o Governo é o responsável pela Educação das crianças e adolescentes. O governo transferiu sua responsabilidade para um Sindicato que de Educação nada entende. O povo deve exigir do governo que dê a atenção que a Educação merece.

Anônimo disse...

TEM QUE PRIVATIZAR O ENSINO E BOTAR TODOS ESTES ALOPRADOS DOS PROFESSORES NA RUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA.FORA PTZAMA DESGRAÇADA.VÃO TRABALHAR,VÃO DAR AULA.

ganhatudo disse...

Minha sugestão:
Acabar com as Escolas Públicas.
Não significa acabar com a responsabilidade pública pela educação.
Modus Operandi para acabar com a Escola Pública:
Entregar todos os prédios e Escolas que ali funcionem para OSCIPs.
Repassar um valor determinado por aluno matriculado na Escola.
Os professores e todas despesas de funcionamento seriam de responsabilidade dessas OSCIPs.
A medida que os professores forem se aposentando, não se contrataria novos pelo Estado. As OSCIPs é que selecionriam os substitutos e contratariam pela CLT. Neste caso, ao se aposentarem, não seriam inativos de responsabilidade do Estado e/ou do Municipio, pois suas aposentadorias seriam pagas pelo INSS.
Das familias que tiverem renda, seria cobrado mensalidade.
Os pobres e miseraveis não precisariam pagar, esses alunos receberiam bolsa e pagariam a medida que conquistassem a condição para isto, com o passar do tempo e/ou assumiriam missões em atividades onde pudessem compensar o valor investido em sua educação. Seria uma forma de prestação de serviçi em atividades civis, aos moldes do serviço militar, mesmo porque as forças militares há muito não conseguem absorver os jovens em idade para o serviço militar. A não condição de absorção dos jovens para prestação do serviço militar, no meu modo de ver, é uma das grandes culpadas pela desagregação da maior parte da juventude brasileira que aos 18 anos de idade esta meio perdida sem saber se é adolescente ou se já é homem.
No caso o serviço social seria prestado tanto pelos homens como pelas mulheres, sendo que o serviço militar substitui essa obrigação.
É mais ou menos isto.

Anônimo disse...

nos estados onde o pt govera ou desgovernou os professores ganham uma merreca cerca de mil reais sim 1 mil, os estados de sao paulo e paraná onde o psdb governa anos estao entre os mais altos do pais,por que estes professores pelegos nao fazem manifestaçoes e greves nos estados q foram ou sao governados pelo pt...

Anônimo disse...

Façam uma pesquisa para saber onde os filhos desses lideres Estudam, será que estudam em Escolas Públicas? Teve um do MST que foi desmascarado, pagava mais de 2000,00 para o filho em escola particular,Verificar no You tube.

L.A.Carniel disse...

Pobres alunos, massa idiota de manobra destes comunistas petralhas de quinta categoria. Estão comprometendo o ano escolar destes jovens, as chances dos que sejam último anistas no vestibular. Enfim o futuro da gurizada. Apenas uma última dúvida: alguém sabe se algum professor fora obrigado a entrar nesta profissão, na marra, com um revólver encostado na cabeça?