Banco do Brasil nega demissões em massa

O Banco do Brasil foi questionado pela CVM sobre cortes de pessoal e negou que vá colocar em prática um plano de demissão voluntária, como informado pelo Valor, na semana passada. 

O jornal faslou num corte de 9% do quadro de 110 mil funcionários.

2 comentários:

Anônimo disse...

onde há fumaça...

Anônimo disse...

Notícia estranha no paraíso dos banqueiros e dos juros extratosféricos.