Brigada iniciará batidas relâmpagos na Grande Porto Alegre

A Brigada Militar buscará dar percepção da sua presença ostensiva nas ruas da Grande Porto Alegre, hoje reduzida a pouco mais do que zero.

É que a partir de segunda-feira realizará batidas (mais de uma blitz) relâmpagos.

3 comentários:

Flavio Paranhos disse...

Achaque-do-IPVA relâmpagos....
Pois sim que vão pegar bandidos...
A ideia é sempre pegar desavisados e miseráveis motoristas que não conseguiram pagar a porcaria do IPVA e, portanto, são os criminosos mais fáceis e inofensivos pra se atacar de modo "relâmpago". Bandido? Ora, e lá a Brigada infestada pelo petismo vai prender "cumpanhêros" do Partido???

Anônimo disse...

Para pegar bandidos ou multar o cidadão de bem????????????

Anônimo disse...

É preciso divulgar massiva e ostensivamente como os cidadãos podem auxiliar nesse esforço, denunciando atitudes suspeitas ou abertamente irregulares.
A sociedade precisa atuar em total cooperação com suas instituições de Segurança para contar com alguma chance de obter resultados que jamais virão de outra forma.
Apenas para ilustrar, apesar de envolver outra esfera da área de Segurança, há alguns meses testemunhei um veículo particular estacionado defronte a uma imobiliária da avenida Carlos Gomes, em Porto Alegre, com suas 4 rodas sobre a calçada.
Na falta de qualquer agente de trânsito que eu pudesse alertar, tirei duas fotos do veículo e as remeti para a EPTC, acrescentando todos os detalhes que permitissem a aplicação da multa.
A resposta, rápida, bem redigida e muito atenciosa, me fez saber que a EPTC tem sua ação vedada frente a esse tipo de denúncia caso.
Ou seja, a sociedade custeia toda uma estrutura de fiscalização que poderia operar de forma muito mais efetiva se tivesse em cada cidadão de bem um fiscal contra os incivilizados, mas tem sua participação nesse esforço proibida por lei.
Coisa de país vira-latas ...