Teori salva Lula de Moro

Teori salva novamente Moro, mas as algemas estão armadas.


A revista Veja informa hoje que o ministro Teori Zavascki contrariou a PGR e não enviou para o juiz Sérgio Moro um outro inquérito em que o ex-presidente Lula é suspeito de tentar atrapalhar as investigações do petrolão.

É a segunda vez que Teori sustenta que "indícios de crime envolvendo o líder petista não têm conexão direta com os processos em andamento em Curitiba".

O caso será tocado pela Justiça de Brasília.

9 comentários:

Anônimo disse...

O Moro de Curitiba já tem material suficiente.
Não nos esqueçamos que foi no processo que permaneceu no DF que Lula se tornou réu, pela primeira vez.
É o que vai acontecer novamente. Tem Moro de todo lado.

Anônimo disse...

O Lula junto com a Dilma são responsáveis por essa desgraça que acontece com o Brasil, cadeia é muito pouco para esse criminoso líder da quadrilha petralha!

Anônimo disse...

Esse advogadozinho de porta de cadeia foi colocado lá justamente para isso, proteger o chefe da quadrilha!

Anônimo disse...

Êta véio lerdo!
Se não manda para o Juiz Moro, manda para o juiz de São Paulo, de Brasília, do Rio,... Mas manda de uma vez!
O Brasil tem urgência de justiça!!!

Anônimo disse...

E o Sr. ainda acha que a quadrilha vai ser presa......

Anônimo disse...

Não há Justiça em Brasília, pois o TJDFT não passa de uma mera extensão da GODOF. Enfim, trata-se de uma panelinha que, inclusive, agraciou o meliante com uma comenda. Esconder o Lula é uma tática, pois todos sabem que ele é um tocador de piano e não precisa muito para que ele entregue até a mãe. Por isso tiram ele é colocaram lá a Dilma que não entrega ninguém e também não sabe de nada.

Emmanuel Carlos disse...

Teori é um homem fiel a seus princípios: um deles é defender o PT.

Anônimo disse...

O Teori já deu chance demais para o azar, está louquinho para morrer abraçado
com os colegas de infância petralhas Dilma e Lula. Agua mole em pedra dura........

Anônimo disse...

Pelo que se pode contatar até agora o juiz de primeiro grau moro está acima do STF, ou seja, no Brasil ele é o único juiz que manda prender e soltar.