Tarso continua sacando forte do caixa único. Foram mais R$ 170 milhões em novembro.

Atento às queixas do editor sobre a falta de transparência do site da secretaria estadual da Fazenda, o deputado Lucas Redecker, PSDB, acaba de satisfazer a curiosidade dos leitores sobre os saques ao caixa único no mês de novembro:

. R$ 170 milhões.

. Em outubro foram R$ 350 milhões.

. Os valores nem se referem aos depósitos judiciais

. Sacando valores que não são seus, o governador Tarso Genro cobre sua gastança ilimitada e vai levando a nau gaúcha para o fundo do oceano. Até mesmo jornalistas que lhe foram fiéis durante todo o mandato, acham que Tarso passou de todos os limites da irresponsabilidade fiscal. É o caso da editora de política da RBS, que escreve hoje no jornal Zero Hora:

- (...) Tarso só conseguiu manter salários em dia e ampliar gastos com saúde porque sacou R$ 6 bilhões dos depósitos judiciais, dinheiro que não é do Estado, é dos das partes.

. Foi o que denunciou o editor durante quatro anos, sem nunca ter sido ouvido pelo governo e seus aliados da mídia tradicional.

. O dinheiro dos depósitos judiciais, que é de pessoas comuns, físicas ou jurídicas em discussão judicial, custa caro para o governo, que precisa pagar juros. A jornalista diz quanto:

- Juros e correção que consomem uma fatia equivalente  ao que ganharia se conseguisse reduzir o desembolso com a dívida de 13% para 9%. 

. Como não conseguiu, gasta mais o equivalente.

. Rosane Oliveira sempre soube disso, mas só faz a denúncia agora, depois de Tarso derrotado. É por isto que o governador do PT diz em alto e bom som que ela e a RBS tentam agradar Sartori para continuar numa boa com o governo.

7 comentários:

FAÇANHA, o advogado do povo disse...

C'EST LA VIE, MON CHER AMI POLIBIÔ...

Liane Sanchez disse...

Tarso faz árte dos " Exterminadores do Futuro" ! Sacam a descoberto, numa irresponsabilidade atroz, contra o futuro de nossos filhos e netos!

Anônimo disse...

O PT sempre avançou inescrupulosamente sobre o bem público.
Este partido é pior que uma praga de gafanhotos sobre uma plantação.

Anônimo disse...

SERÁ QUE ISSO NÃO É IRRESPONSABILIDADE FISCAL SUJEITA A UMA CADEIAZINHA PRO CORRUPTO NARIGUDO.
GASTAR O QUE NÃO É DE DIREITO NEM SEU É CRIME, OU ENTÃO EU TAMBEM QUERO METER A MÃO.

Anônimo disse...

É patética a tentativa de crítica velada do editor aos jornalistas que foram "fiéis" ao governo Tarso, tendo em vista o papel ridículo de de subserviência que ele se submeteu durante os longos do (des)governo Yeda e, mais recentemente, à campanha derrotada do Aécio. Não possui ética e moral para cobrar isenção de ninguém!!!

Anônimo disse...

deve ter muito país europeu desenvolvido com inveja de toda essa "pujança" financeira...

afinal, o cofre nunca parece ter fundo...

Ingrato Genro deveria ganhar o Nobel de economia, por conseguir fazer jorrar tanto dinheiro de uma unica conta...

Anônimo disse...

Depois reclamam que Santa Catarina está disparada na frente do RS.
Eu já estou de mudança ... bye bye RS !