No mundo todo, Brasil só cresce mais do que a Ucrânia

O governo Dilma é o que apresentará o menor crescimento médio do PIB, só superior aos períodos dos presidentes Floriano Peixoto e Collor. Eis os números médios dos últimos governos: Sarney, 4,38%; Collor, menos 1,27%; Itamar, 5%; FHC, 2,33%; LÇula, 4,06%; Dilma, 1,73%. 


Ao saber dos péssimos números da economia brasileira no segundo trimestre, a presidente Dilma Roussef declarou que o mundo todo anda mal. Acontece que o País aparece em penúltimo lugar entre 37 países que apresentaram os resultados da variação da atividade econômica no 2º trimestre deste ano.

. Veja a tabela ao lado, segundo Austin Rating:

O Brasil ocupa o 36º lugar - a penúltima posição - entre os 37 países que já apresentaram os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) no 2º trimestre deste ano. Desde a última análise, quando estava em 24ª lugar, o país despencou 12 colocações. O estudo de desempenho do PIB foi elaborado pela Austin Rating com base no resultado divulgado nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

. O desempenho brasileiro, ante o segundo trimestre de 2013, teve retração de 0,9%. O Brasil supera apenas a Ucrânia, que apresentou queda de 4,7% em decorrência dos conflitos com a Rússia nos últimos meses. O gigante sobre o comando Putin conquistou alta de 0,8%.

. Enquanto a perspetiva de crescimento do PIB mundial para este ano é de 3,6%, em média, o Brasil apresenta projeção de 0,7%. Para 2015, a média mundial estipulada é 3,9%, e o Brasil prevê crescimento de 1,2%.

4 comentários:

Anônimo disse...

a tabela ao lado está ilegível, melhora a resolução que dá...

Anônimo disse...

passa o link para uma tabela que seja possível ler, por favor Políbio.

Anônimo disse...

só ganhamos de um país que esta em frangalhos por causa da guerra declarada...

somos uma piada mesmo...

Anônimo disse...

Pais incentivado pelo seu presidente a gastar esperar o que? Algum pai responsavel incentiva seus filhos a gastar?