Merval diz que a seleção carregou a pátria nos ombros

No seu artigo de hoje em O Globo, intitulado "A pátria nos ombros", por Merval Pereira" diz que mais uma vez a seleção brasileira soçobrou ao peso da sua incompetência, aumentada pela enorme carga emocional com que cada um dos jogadores entrou em campo, mais uma vez cantaram o Hino Nacional como se fossem guerreiros, e não jogadores de futebol, e mais uma vez disputaram o terceiro lugar para salvar a honra da pátria.

. Leia tudo:

O que define bem o pensamento dos jogadores é a frase emblemática de Davi Luiz após a acachapante derrota para a Alemanha: “Só queria poder dar uma alegria ao meu povo, a minha gente que sofre tanto. Infelizmente, não conseguimos. Queria ver meu povo sorrir. Todos sabem o quanto era importante para mim ver o Brasil inteiro feliz pelo menos por causa do futebol”.

. Nesta análise sociológica rasa, porém bem-intencionada, de nosso capitão-herói (e pobre de um país que precisa de heróis, como já disse Bertold Bretch) está simbolizado todo o peso que jogaram em cima da seleção brasileira mais uma vez.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Compre agora mesmo, neste domingo, meus livros, em versão e-book (digital) pela metade do preço, pagando com cartão:
Cabo de Guerra, a saga de Yeda contra o Eixo do Mal
Herança Maldita, os 16 anos do PT em Porto Alegre
A Casa Civil, o desastroso governo Collares no RS
Vá em:
www.albuka.com.br

11 comentários:

Anônimo disse...

Essa frase do Davi Luiz:“Só queria poder dar uma alegria ao meu povo, a minha gente que sofre tanto", revela a verdade sobre o desgoverno petista. O povo está triste e desesperançado com os rumos do País.

Anônimo disse...

As críticas que se espalham pelo Brasil à gestão Dilma e ao PT são rebatidas como de uma oposição inconsequente e de uma mídia que manipula o sentimento popular, mas como rebater a frase do zagueiro Davi Luiz após a acachapante derrota para a Alemanha: “Só queria poder dar uma alegria ao meu povo, a minha gente que sofre tanto. Infelizmente, não conseguimos. Queria ver meu povo sorrir. Todos sabem o quanto era importante para mim ver o Brasil inteiro feliz pelo menos por causa do futebol”.

Anônimo disse...

Políbio,

Penso a mesma coisa!!

Acrescento:

- A ZH Dominical também publicou a frase do Davi Luiz, porém SUPRIMIU o MEU e MINHA;

- O Davi teve dores nas costas e o Neymar teve a mesma "quebrada";

- O Davi Luiz "enterrou o Brasil" com suas FALHAS em campo.

JulioK

Anônimo disse...



#MudaBrasil

http://www.youtube.com/watch?v=1JKE8qeuYOA

Anônimo disse...

Davi Luis, tens meu respeito, mas queres ver teu Povo sorrir, experimenta ajudar para que tenhamos Saude, Hospitais, mobilidade urbana, educaçao, segurança, governos (-) corruptos, politicos ladroes do dinheiro publico.
Vc chorou ao final de uma partida de futebol.
Nos Brasileiros que pagamos impostos para sustentar esta jaguarada que està no Poder, temos que "chorar" todo o santo dia.

Anônimo disse...

David Luiz foi honesto naquele momento das declarações, sem patrulhamento e falando com o coração, externou tudo o que o povo brasileiro tem sentido nos últimos tempos, não foi a pasteurizada ideia difundida na mídia amiga e comprada de que no Brasil está tudo as mil maravilhas, ele sabe no fundo de sua alma de que temos saúde do Congo, segurança da Somália, educação de Botswana e infraestrutura da Namíbia.

Luiz disse...

Estes mercenários não estão nem aí para o povo brasileiro e agora vem com esta conversa pra boi dormir pra tentar limpar a barra

Anônimo disse...

Perguntar não ofende: Com toda nossa incomPTencia, quantas vezes o Brasil foi campeão do Mundo: Resposta: Cinco vezes; Tem outra seleção com cinco campeonatos mundias: Resposta: NÃO. ops.....

Anônimo disse...

Merdal... VTNC!!!

Unknown disse...

Quem carrega a pátria nos ombros é a sociedade civil e organizada que estuda, trabalha e produz diariamente há décadas e séculos.

Anônimo disse...

O Merval foi perfeito,tenho dito a mesma coisa.Até o Felipão dizia que tinha que ser campeão,foi uma carga muito pesada para jovens jogadores.Colocaram uma responsabilidade nos jogadores que vai muito além de uma competição esportiva.Os jogadores só tinham uma saída,ou seja,ganhar ou ganhar,quando tomaram o 1º gol da Alemanha entraram em parafuso.Todos sabemos que esporte não é assim.