Ipea diz que economia brasileira vive "recuperação cíclica" (imprevisível)

Isabela Vieira
Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) avalia que a economia brasileira está em momento de "recuperação cíclica". De acordo com a Carta de Conjuntura divulgada nesta terça-feira (26), o ciclo atual é "bem distinto" do observado em outros anos e isso pode atrapalhar a previsibilidade política-econômica. "Isso tem implicação em política [macroeconômica] importante porque torna essa tarefa mais complicada do que seria em ciclo típico", disse o coordenador do Grupo de Estudos em Conjuntura, Fernando Ribeiro. Como exemplo, citou o impacto na taxa básica de juros, a Selic, que está em 7,25% ao ano. "Em um ciclo típico, neste momento, o país estaria reduzindo o juro, como aconteceu em outros momentos. Na recuperação, você joga o juro para baixo para impulsionar a economia. Hoje, a gente tem a taxa de juro baixa e, por conta da pressão inflacionária, o Banco Central reconheceu que não há espaço para novas quedas, talvez, tenha necessidade em um aumento [da taxa]", explicou.

. O economista destaca que, apesar das pequenas taxas de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), nos últimos meses, não há aumento do desemprego, da inflação e queda da atividade nos setores da economia. "Há alguma desaceleração do consumo, mas mais discreta que em outros ciclos", diz a carta.

. "Difícil prever o que vai acontecer daqui para frente. Quando o ciclo é típico existe uma história, mais ou menos, padrão, que explica o que acontece na queda e na recuperação. Não é esse o caso", reforçou Ribeiro.


PÁSCOA EM GRAMADO, RS.
Varanda das Bromélias. Boutique hotel no meio de um bosque na zona mais central.
Pacote casal para duas noites: R$ 1.254,00 +10%
Boas Vindas de Páscoa – Café tipo brunch até meio dia – Chá da tarde no apartamento – Jornal no aposento – Check out mais largo.
Reservas@varandadasbromelias.com.br Rua Alarisch Schultz 198
RESERVE AGORA

2 comentários:

Anônimo disse...

recuperação cíclica?

isso pra mim eh estar perdido andando em círculos feito barata tonta, vai e volta, vai e volta...

eh assim que esta esse desgoverno maldito...

CARLOS SGARBI disse...

E o CAOS jornaleiro. Me remete, estas analises "imparciais", ao tempo em que o FHC quebrava o pais mes sim, mes nao., que o Arminio elevava a SELIC para 45% ao ano., que o Sergio Mota, mandalete do FHC, comprava votos de congressitas., que o dolar era cotado a QUATRO REIAS., etc, etc, etc. Ou seja, naquele tempo, do FHC, é que as coisas eram boas ne?