ETE de R$ 10 milhões inaugurada por Lula nunca funcionou em São Leopoldo.

O novo diretor Geral do Semae, o Serviço Municipal de Água e Esgoto de São Leopoldo, RS, Gerson Luís de Borba, com quem o editor conversou no prédio da prefeitura, ficou perplexo com o estado em que encontrou a Estação de Tratamento de Esgoto, a ETE da Feitoria, inaugurada em 2010 com a presença de Lula e de Dilma Roussef. A ETE custou R$ 10 milhões e elevaria de 25% para 52% o índice de tratamento de esgoto na cidade de 215 mil habitantes.

. “Foi fogo fátuo, porque a ETE não está funcionando”, disse Gerson Borba, o Chico.

. O ex-prefeito Ary Vanazzi, do PT, cujo candidato, o deputado Ronaldo Zulke, perdeu as eleições, e está sendo investigado no âmbito da Operação Cosa Nostra, que não anda nas mãos da Polícia do governo Tarso Genro, fez do investimento o principal cavalo de batalha das eleições de outubro.

- O atual prefeito, Aníbal Moacir, PSDB, quer concluir as obras da Feitoria e projeta outras quatro ETEs, elevando de 25% para 96% a cobertura de tratamento de esgoto em São Leopoldo.

5 comentários:

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkk...

o que funciona do que foi inaugurado por aquele cascateiro?

praticamente nada...

ate aquele navio que "inaugurado" foi e depois recolhido ao estaleiro só saiu pra sentir o gosto do mar, parece, a pouco tempo atras...

e tem mais, de tudo que ja funcionava no pais, ele conseguiu a façanha de enfiar no buraco, vide a moribunda Petrossauro...

Anônimo disse...

Mais uma inauguração fantasma do Lula, e mais uma enganação do Vanazzi! como q esse cara pode ser presidente da Famurs??

Anônimo disse...

POLIBIO TENHO AMIGOS EM SAO LEOPOLDO E FICO APAVORADO QUANDO CONTAM AS COISAS QUE ESSE VANAZI FEZ E NÃO FEZ POR LÁ. SERÁ QUE ELE VAI FICAR IMPUNE, DEPOIS DE SER TALVEZ O PIOR PREFEITO DE UMA CIDADE GRANDE NA HISTÓRIA DO RS?

Anônimo disse...

O povo babaca deixou ele oito anos no poder

Anônimo disse...

O CHICO é cobra criada do PT, mamou por oito longos anos nas tetas do governo Vanazi e agora quer cuspir no prato que comeu. Quero ver quando começarem a apontar as falcatroagens dele.