No RS, até grandes empresas precisam apresentar credenciais ao governador Tarso Genro

- É isto que dá quando um Estado elege um governador mais preocupado com a disseminação do ideário marxista e leninista revisado pelo mundo - um verdadeiro globetrotter global neomarxista - do que com a governança do seu próprio Estado. Em casos como este, antigas empresas de alta tecnologia são obrigadas a fazer o beija-mão no Piratini para explicar ao governador que existem e o que fazem, já que ele não sabe o que elas são. Este caso da GetNet é emblemático. A nota a seguir não conta, mas a GetNet é do mesmo grupo de empresas que integram o portfólio colocado sob o comando do empreendedor gaúcho Ernesto Correia (lembram da Ana Paula?) um dos maiores fabricantes e exportadores de calçados da China. A nota é de Nenê Zimmermann:

A GetNet, empresa gaúcha especializada no desenvolvimento e na gestão de soluções em tecnologia e serviços para negócios envolvendo transações eletrônicas, foi apresentada ao governador Tarso Genro na tarde desta quarta-feira (14). Representantes da companhia, iniciada nove anos atrás, estiveram no Palácio Piratini, onde encontraram-se também com o secretário do Desenvolvimento e Promoção do Investimento, Mauro Knijnik, o presidente do BRDE, Carlos Henrique Horn, o presidente do Badesul, Marcelo Lopes, e o superintendente da Unidade de Desenvolvimento do Banrisul, Ricardo Bidese.

Que este encontro resulte em uma parceria muito forte do Estado com os senhores, porque é um dos setores estratégicos da nova Política Industrial do Estado, afirmou o secretário Mauro Knijnik, posição reforçada pelo governador: Esperamos que a gente possa se acionar a vocês em projetos de expansão; são empresas como essas que têm condições de dar qualidade ao desenvolvimento do Estado, finalizou.

O governador recebeu documentos com informações sobre a companhia. Com mais de 2.600 empregados diretos, a GetNet é a empresa do setor que mais cresce nas Américas, segundo o presidente da companhia, José Renato Hopf. Uma das tecnologias desenvolvidas pela GetNet é a instalada em caixas de autoatendimento com capacidade de fotografar os cheques depositados, assim como reciclar as cédulas para reutilização no próprio equipamento, rede à qual o Banrisul aderiu recentemente.

CLIQUE AQUI para conhecer o empresário mais misterioso do RS, o dono da GetNet.

14 comentários:

Luiz Vargas disse...

Será que o seu Mauro Knijnik, judeu, irá participar do fórum dos terroristas do oriente médio promovido pelo embu$teiro tran$ver$al, que tem mãe com raízes judias?

Anônimo disse...

Enquanto isto as 10 hs da manha desta quinta, Tarso Genro cercado de seguranças fazendo compras no Nacional da Lucas de Oliveira, ponto de abastecimento das famílias burguesas da capital! Em cuba tinha isto?

Anônimo disse...

O comentário do editor acerca da nota foi absurdo. Alias, o editor deve estar senil ou sua raiva dos petralhas o faz ter dificuldades de interpretação. Uma pena! Um homem idoso acabar desta forma. Um mero repetidor de textos alheios e quando escreve... Só bobagem! Polibio, por favor, se aposenta. Depender de patrocínios de empresas como o tal de m.grupo é lamentável. Um abraço. Edu de pf.

Anônimo disse...

GOVERNADOR JECA TATU

GOVERNANTES QUE DIGNIFICAM O CARGO

GOVERNANTES QUE se dignificam COM O CARGO

GRANDES PERSONALIDADES SÃO AUTOMATICAMENTE PROCURADAS,AO NATURAL SE COMUNICAM,SÃO PREZEIROSAMENTE PAPARICADAS POR TODOS OS PARTICIPANTES DA SOCIEDADE,POBRES,RICOS,GRANDES EMPRESÁRIO,AOS QUAIS JÁ CONHECEM E TAMBÉM AS SUAS EMPRESAS,ENFIM, "QUEM É QUEM" NA ALDEIA"

PERSONALIDADES TIPO "JOÃO NINGUÉM" OU TIPO "JECA TATU" TEM QUE MANDAR CHAMAR EMPRESARIOS,PAGAR MÍDIA PARA CONHECÊ-LOS,PARA SE TORNAR CONHECIDO E ATÉ INTIMIDAR.

ESCOLA CUBANA?VENEZUELANA?

QUE QUE É ISSO "SEU JECA TATU"?

CARLOS SGARBI disse...

A GETNET, jornaleiro, e a que mais cresce nas Americas de baixo, ne? Ou vc vai convencer algum destes asnos que simpatizam com suas opinioes que a tal GETNET cresce mais que qualquer um biombo no EUA? Mas como diz um velho ditado, jornaleiro, "e melhor ouvir isto do que ser surdo"!

Anônimo disse...

Ou ela cede a cooptação ou será liquidada.

Anônimo disse...

Bah, Políbio tu tá mais gaga que a lady, este foi te matar

Anônimo disse...

Editor, a julgar pela insistência com que o pessoal frequenta e comenta neste espaço , tu estás tocando nervos sensíveis.

Luiz Vargas disse...

Os caras malham mas adoram acessar as notícias que o "jornaleiro" posta em seu site.

Anônimo disse...

Os petralhas não tiveram férias hoje, estão todos policiando os blogs independentes.
Que lazer!!!!!

Anônimo disse...

Tacitamente o governo quer propina direta ou indireta...

Como no governo nazista (que istituiu este nacional socialismo de cooptação de empresas)o PT se vale desta técnica. No maldito nazismo, as empresas que não cooptasem eram postas no ostracismo ou na clandestinidade.

Impressionante o PT usa técnicas stalinistas de propaganda e nazistas de economia. juntou os dois regimes mais odizos do mundo. E o povinho da UNE, Sindicatos e bolsa família vão votando neles. Mas a casa cai, cedo ou tarde.

Anônimo disse...

É que o governador precisa conhecer bem a empresa pra saber como vai usa-la politicamente.

Onde está escrito PARCERIA, leia-se: -USO POLÍTICO. -

Anônimo disse...

Rio Grande do Atraso!!

Anônimo disse...

São todas viuvinhas da casinha que caiu em Brasília...