No debate de Porto Alegre, Mensalão ficou de fora, mas em SP o tema tirou Haddad do eixo

Até o momento,  o julgamento do Mensalão, já tratado como o Julgamento do Século, envolvendo a organização criminosa montada pelo PT e pelo governo Lula, passa à margem da campanha eleitoral de Porto Alegre.

. No debate desta quinta-feira à noite na Band TV, nada foi discutido sobre dinheiro sujo levantado no setor público para corromper eleitores e deputados.

. Em São Paulo, no debate da mesma Band TV, o Mensalão entrou na roda, deixando sem eixo o ex-ministro Fernando Haddad, candidato do PT.

- Os candidatos Wambert De Lorenzo, PSDB; Roberto Robaina, PSOL, e Érico Correia, PSTU, prometem incluir o debate nas suas propagandas de rádio e de TV.

2 comentários:

Anônimo disse...

E sabe por quê, Políbio ? Por que já não corre mais sangue nas veias dos políticos gaúchos ... foram TODOS adestrados e embretados pela ditadura do politicamente correto adotado pela mídia e pelo partido dominante !!!

Anônimo disse...

E Haddad teve que responde alguma pergunta sobre o "kit gay" do MEC?