STF bota o guizo no pescoço de Lewandowski. Saiba como ele foi enquadrado no STF.

- A nota a sguir é de Vera Maglhães, editora do Painel, Folha de S. Paulo. Ela revela de que modo os ministros do STF organizaram-se para enquadrar o ministro Ricardo Lewandowski, revisor do relator Joaquim Barbosa no caso do Mensalão. Lewandowski foi procurado em casa por Lula, em São Bernardo do Campo, onde ambos moram, para fazer corpo mole e adiar o julgamento. Lula procurou outros quatro ministros e foi denunciado por isto por Gilmar Mendes. O revisor segura seu relatório e com isto impede o início do julgamento. A decisão desta quarta-feira, coloca-o num brete. Leia a nota:

VERA MAGALHÃES - painel@uol.com.br
Faca no pescoço

A decisão do Supremo Tribunal Federal de marcar o início do julgamento do mensalão para 1º de agosto foi acertada previamente entre o presidente da corte, Carlos Ayres Britto, e o relator do processo, Joaquim Barbosa, que conversaram com outros ministros antes.
Sem a presença do revisor Ricardo Lewandowski na sessão administrativa de ontem, o decano Celso de Mello foi incumbido de apresentar a proposta para lhe conferir peso -e ela foi aceita por unanimidade. A estratégia da trinca, avaliam integrantes do STF, emparedou o revisor, que ainda não entregou o seu relatório para análise. "Foi goela abaixo'', afirma um deles.

Efeméride - A decisão do STF saiu exatamente sete anos depois da primeira entrevista de Roberto Jefferson à Folha sobre o mensalão.
Troca da guarda - Com a definição, Cezar Peluso e Ayres Britto, que deixarão a corte, participarão do julgamento. "Já imaginaram a pressão em cima dos novos indicados durante sabatina?'', questiona um ministro.

6 comentários:

Anônimo disse...

uma vergonha os outros ministros terem se encontrado com esse imprestável e não terem denunciado!

não quero nem ver o que sera do STF quando os ministros mais antigos - e independentes! - deixarem os cargos...

da medo só de pensar...

vão chover ações para legalizar aborto, drogas, expropriação de propriedade, mais cotas entre outras porcarias...

e as chances disso tudo passar parecem ser enooooooormes!!!

Mordaz disse...

Lewandowski confessou que é amigo da família Lula. Não está tudo explicado? Existe uma promiscuidade nauseabunda neste país.

Anônimo disse...

Porque os Ministros do STF não botam uma coleira no Ministro Gilmar Mendes para ver se ele concede menos entrevistas para a VEJA e GLOBO ou seja Promoção pessoal.

Os outros não vivem dando entrevistas a torto e a direito

Anônimo disse...

"Os outros não vivem dando entrevistas a torto e a direito"

Equivoco anonimo das 11:24, os outros dão entrevistas a torto e direito para o LULA, caladinhos.

Anônimo disse...

O anônimo das 11:24 não tomou o seu remedinho?

Anônimo disse...

Estão conrretos Os anônimos das 11:24 e 10:23 porque quem deve julgar a Ptezada é o Ministro Gilmar, para eles sentirem a condenação, sem direito da defesa.