Ministério Público investiga compra de clubes de futebol por parte de petistas ligados ao governo de Brasília

A edição de VEJA desta semana mostra uma face nova do aparelhamento petista, que não poupa sindicatos, entidades estudantis e organizações não-governamentais. A reportagem mostra como dois clubes de futebol de pouca expressão foram adquiridos por pessoas próximas ao governador Agnelo Queiroz, em circunstâncias que chamaram a atenção do Ministério Público. O Brasília agora pertence a Luis Carlos Alcoforado, advogado do governador. o Sobradinho passou a ser controlado pela família de Paulo Tadeu, o principal secretário do governo. Mas esses não foram os únicos episódios.


O Botafogo-DF, cópia do original carioca, nasceu depois que o empresário Walter Teodoro, que tem fortes ligações com o PT e fez campanha para Agnelo, comprou um antigo clube do Distrito Federal. O administrador já chegou a levantar suspeitas do Ministério Público por irregularidades na gestão de uma faculdade do Distrito Federal. Com senso de oportunidade acurado, Teodoro agora avalia mudar o nome do clube, que passaria a se chamar Nacional – coincidentemente, o nome do Estádio Nacional de Brasília, o elefante branco de 70.000 lugares que está sendo construído para a Copa de 2014.


O gigante de custo quase bilionário deve ficar às moscas durante os jogos do Candangão. Mas o espaço, localizado no centro da capital, tem tudo para se transformar em uma rentável arena de shows. Já em 2012, o governo deve escolher a empresa responsável pela gestão do estádio. Dirigentes de clubes apostam que as concorrentes terão, obrigatoriamente, de se vincular a algum time de futebol para participar da disputa. Essa pode ser a explicação para o súbito interesse pelo combalido futebol local.


Além da administração do estádio, outra intenção pode justificar o súbito interesse do grupo petista pelo futebol local. O caminho já foi desbravado uma década atrás, pelo ex-senador Luiz Estevão, dono do Brasiliense: "É muito comum um clube de futebol pagar 10 000 de salário e obrigar o jogador a assinar um recibo de 30 000”, explica um promotor com experiência na área. A diferença, claro, não é destinada a obras de caridade.


Pioneiro - A lógica petista da ocupação de espaços se repete no Santa Maria Esporte Clube, agora controlado por Erivaldo Alves, que já foi vice-presidente do PT local e hoje trabalha no gabinete do líder petista na Câmara Legislativa, Wasny de Roure. E no Brazlândia, que está sob a influência de Bolivar Rocha, até pouco tempo secretário pessoal de Agnelo.


Mas justiça seja feita: o pioneiro clube apropriado pelos petistas foi o Ceilândia: chegou a usar uma estrela vermelha como símbolo e é presidido há anos por Ari de Almeida, que integrou o diretório do PT no Distrito Federal. Hoje, Ari também é administrador regional de Ceilândia, por indicação de Agnelo Queiroz.


Foi Ari quem negociou, ainda em 2010 e com o apoio de Agnelo, um patrocínio da União Química para a equipe. Os interesses se completavam: Agnelo era diretor da Anvisa e tinha influência sobre decisões que interessavam à empresa farmacêutica. Em ano eleitoral, o petista ganhou apoio político na maior cidade-satélite do Distrito Federal. E o dirigente do Ceilândia viu a equipe, turbinada pelo patrocinador, conquistar o título distrital depois de seis triunfos seguidos do Brasiliense de Luiz Estevão.


Curiosamente, Luís Carlos Alcoforado era advogado da União Química, na época da parceria com o Ceilândia. Ele, entretanto, nega ter participado das negociações. A empresa, por sua vez, diz que não fechou acordo algum com o clube.

Se seguir a lógica de outras unidades da federação, a politização do futebol deve ter consequências negativas para o futebol do Distrito Federal. Mas, pelo menos para o Brasília, a troca de comando parece ter dado sorte: o clube, que havia sido rebaixado para a segunda divisão local no campeonato de 2011, conseguiu reverter a decisão em um controverso julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva do Distrito Federal e deve jogar a elite do futebol candango em 2012.


- Os adversários dizem que os métodos usados para convencer um dos conselheiros a mudar de voto e manter o time na primeira divisão não foram os mais corretos. Alcoforado nega. Fato é que, agora, a briga ameaça atrasar a disputa de 2012. Se o prejuízo ficar apenas nisso, será o menor dos males.

10 comentários:

Anônimo disse...

CARAMBA, Políbio.
É so TRAPASSA,FALCATRUAS,MENTIRAS, ROUBALHEIRA e, etc. QUE VERGONHA. SINCERAMENTE, quais valores passar a essa geração que aí esta, totalmente carente de educação, cultura, trabalho, e ao mesmo tempo, exigente de AÇÃO, do tão combalido PODER PÚBLICO brasileiro.Que Fazer?
abraços

Anônimo disse...

Os corruPTos vão diversificando suas ações, uma época é com ONG's, outra com "consultorias", agora é com times de futebol, em resumo é tudo uma grande lavanderia onde o dinheiro público vai sendo jogado no ralo, o mesmo dinheiro que faz uma falta desesperada para hospitais, para escolas com professores decentes, para uma segurança pública bem remunerada e equipada e para uma infraestrutura minimamente decente. Vivemos tempos de uma negra e cínica ignorância abastecida com bolsas migalhas para ganhar votos e poder. Os Zé's, 9Dedos e Stelas das sarjetas ideológicas dividiram o butim Brasil dentro da quadrilha das esquerdas. Amanhã seremos a Grécia de hoje, quem sobreviver verá!

Anônimo disse...

não ha noticias dos notórios socialistas petistas fazendo caridade, erguendo creches ou coisas do tipo...

eh so consultoria, compra de time de futebol, bolsa de valores e por ai vai...

ai como era bom o meu socialismo...

Anônimo disse...

Alguma semelhança com os bicheiros cariocas será só mera coincidência?
Outra semelhança com o que aconteceu na URSS depois de sua debacle e restando a RUSSIA, onde se diz que o comunismo acabou, mas o Estado foi assaltado por integrantes do velho partido comunista russo, os quais se adonaram de todo patrimonio ali existente, e onde se comenta a existência de uma corrupção que pode ser considerada a maior do mundo; isto também será mera coincidência ou apenas os socialistas se adaptaram aos tempos modernos do que ocorre nos países onde o socialismo acabou?

Anônimo disse...

Rio Grande, Inter de santa maria, as equipes de bagé...são apenas algumas das quais os petistas já tomaram conta no interior.

Anônimo disse...

Os corruPTos compraram times de futi-bola, a melhor forma de lavar dinheiro sujo neste país!

Anônimo disse...

E isso que essa quadrilha do mensalão se diz SOCIALISTA. Estão todos ricos, como o novededos e os filhos. Como ficaram ricos, não sei, deve ser trabalhando 25 horas por dia.

Anônimo disse...

A MÁFIA PTRALHA "se espraindo"!

Anônimo disse...

..."não há notícias dos notórios socialistas petistas fazendo caridade, erguendo creches ou coisas do tipo"...

É importante definir e separar as coisas. Isso é fundamental para se enxergar quem é o quê, e quem faz o quê!

Em primeiro lugar: todo petista é socialista (quando não, comunista) - portanto, chama-lo de socialista é uma redundância.

Em segundo lugar: petistas não são notórios no sentido de grandes feitos para a nação. Muito pelo contrário: a tal notoriedade vem da grande exposição que estes recebem, devido às milhares de falcatruas, expedientes subversivos e corrupção impostos à população e ao erário público - daí sua exposição nas TVs e no jornais.

Em terceiro lugar: socialistas não fazem caridade. Sua cabeça doentia trabalha com a seguinte matemática: "Somos isentos de fazê-lo - deixamos isso a cargo dos capitalistas, já que têm a consciência.

Anônimo disse...

O PT descobriu o que a grande mídia já sabia : só o futebol interessa aos desvalidos e ignorantes eleitores : não tem coisa mais fácil de manipular ! É só manter os bovinos ocupados com futebol e nada mais importa no bananão ...