STF diz que promotor pode sentar ao lado do juiz

Não existe a chamada paridade de armas, porque o representante do MP está em posição de vantagem nos julgamentos. 

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje manter a prerrogativa de membros do Ministério Público de sentarem ao lado dos juízes durante sessões de julgamento.

A questão foi decidida pela Corte durante o julgamento de uma ação protocolada em 2012 pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

7 comentários:

Emmanuel disse...

Mas ... o que importa onde o MP senta?
Em verdade, numa sessão o MP e os advogados podem sentar onde quiserem, vez que não há regulação se ele fica de pé, se fica sentado .... atrás da cadeira ou coisa assim.
A verdade é que todos estão tomados de vaidade ao extremo.

Anônimo disse...

""" ... uma ação protocolada em 2012 ... """

a 'isso' dá-se o nome de

e.f.i.c.i.ê.n.c.i.a
e
p.r.o.d.u.t.i.v.i.d.a.d.e.

antiguidade também vale!

Anônimo disse...

É muito simples.
As pessoas que trabalham e pagam a comida dos aparelhados devem manter a nuca bem raspada para não estragar o fio da lâmina que lhes cortará a cabeça.

KAFANGO BOROK disse...

GRANDES MERDAS, COMO SE ISSO FOSSE O CONDÃO DE SE FAZER JUSTIÇA, ESSAS MERDAS SENTADOS NOS SANITÁRIOS OU POLTRONAS CONFORTÁVEIS AGEM COMO SEMPRE AGIRAM, CORRUPTOS E TENDENCIOSOS. UMA AGRANDE IMBECILIDADE DESSES CAFAJESTES.

Anônimo disse...

Quanta discriminação, pois o sonho de consumo dos promotores é despachar SENTADO NO COLO do Xandão! Aliás, XANDÃO já tornou rotina "dispensar" os promotores nos processos, que aceitaram a rejeição bem caladinhos!

Carlos Alberto disse...

Claro. Tá certa a decisão. No Brasil, num julgamento que deveria ser isento, alguém sempre está e leva vantagem. Os amigos, os companheiros, etc. Eles não conseguem, quando decidem, nem disfarçar. Até escrevem para deixar registrado.

José Corrêa disse...

Nossa ...

Só dez anos para julgar ...

Enquanto isso, Llullarápio foi beneficiado em muito menos tempo!!!

Os corvos tem lado!!!