Governador socialita lulopetista da Paraíba tomou dinheiro de propina durante dez anos. Delator gravou mil horas de corrupção.

Durante todo o período em que esteve envolvido no esquema, Daniel Gomes carregava um gravador escondido. O empresário começou a gravar o então governador em 2010 e seguiu registrando tudo até o final de 2018. A Polícia Federal e o Ministério Público tiveram que analisar mais de mil horas de reuniões e pedidos de propina.O governador socialista lulopetista foi preso e em seguida solto por decisão polêmica do ministro Napoleão Maia, STJ.

O empresário paraibano Daniel Gomes relatou a investigadores do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) que superfaturava contratos e pagava 10% do valor em propina ao ex-governador da Paraíba Ricardo Coutinho (PSB). Daniel tinha contratos com o governo na área da Saúde por meio de duas organizações sociais - entidades privadas sem fins lucrativos. O esquema foi desarticulado na Operação Calvário, e o empresário preso em dezembro do ano passado. Ele fez delação premiada e agora responde em liberdade.

Em vídeos exibidos neste domingo pelo Fantástico, o agora delator afirma aos investigadores que os repasses foram negociados com Ricardo Coutinho desde 2010 e que o esquema ilegal continuou com o atual governador João Azevêdo (sem partido). O empresário também pagou com dinheiro de corrupção as despesas de Coutinho em São Paulo, no show do Roger Waters em 2018, e no Rio de Janeiro, no desfile das escolas de samba de 2012.


10 comentários:

Anônimo disse...

E olhem a "qualidade" dos senadores nordestinos! Coisa ruim tem em todo o Brasil, mais no nordeste exageram a dose, pois citem UM SENADOR, UMZINHO SÓ SENADOR NORDESTINO QUE PRESTE!
E isso é fato histórico! E somando a região nordeste são VINTE E SETE SENADORES, dos oitenta e um do Brasil! Aí fica pesado o Brasil carregar o nordeste nas costas eternamente! O dinheiro que é mandado para lá pelo governo federal é ROUBADO pelos politicos nordestinos, como visto agora com aquele governador LADRÃO DA PARAIBA que roubou por DEZ ANOS!

Anônimo disse...

Os Políticos Inescrupulosos para se elegerem prometem aos Nordestinos o que nunca poderão cumprir e depois de eleitos roubam o seu povo sem nenhum remorso. Esse tipo de político ladrão, se vivêssemos num país sério, mereceria a Prisão Perpétua ou Pena de Morte, no mínimo. Mas como no Brasil o crime compensa não dá em nada. A PF prende e o Juíz solta. E o mais lesado nessa História é o trabalhador que é obrigado a pagar pesados Impostos para manter essa Máfia de ladrões do dinheiro público. O que me conforta é que o povo acordou, principalmente o Nordestino que cansou de ser roubado por eles.

Anônimo disse...

No campeonato brasileiro de LADROAGEM, Galvão Bueno gritaria: "A Paraiba é DECA, É DECA, É DECA!!!"

elias disse...

E não vão prender o juiz sem vergonha que o soltou?
Aliás, já tinha feito coisa semelhante no passado. E com o mesmo ladrão!

Anônimo disse...

Ainda assim o Cachaça apoia o cara. Talvez por fazer exatamente aquilo que ele fez.

Anônimo disse...

Onde o lula apoiou estava podre.

Anônimo disse...

Seria a Esquerda fazendo o que sabe fazer de melhor?

José Corrêa disse...

E o Llulladrão, o Condenadão, defendendo demonstra quão corruPTos os dois são!!!

E olha aí o xarope do Roger Waters aparecendo!!!

Anônimo disse...

Napoleão Maia para Vossa Excelência o Crime compensa! Vergonhoso! Os únicos que devem ser honestos nesse país são os trabalhadores que sustentam essa Máfia parasitária nas Instituições.

Anônimo disse...

O Povo Nordestino tem que acordar. Esses políticos inescrupulosos prometem tirá-los da miséria e depois de eleitos roubam o dinheiro público a vontade. A PF prende, o STJ e o STF solta. Para ambos o Crime compensa.