Pela quarta vez consecutiva, confiança do consumidor avançou


Índice ficou acima média histórica pela primeira vez desde 2014. A melhora da confiança se mantém, reforçando a tendência de recuperação do consumo.

Conforme divulgado ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o Índice Nacional de Expectativa do Consumidor (INEC) avançou para 110,6 pontos em outubro. Tal patamar é superior à média histórica, o que ocorre pela primeira vez desde o mesmo mês de 2014. Segundo as estimativas para a série dessazonalizada, esse resultado equivale a uma alta de 2,4% ante setembro,  a quarta consecutiva. 

No mesmo sentido, em relação ao mesmo período de 2017, o indicador apontou crescimento de 9,3%. 

O dado mensal está associado ao maior otimismo, por parte dos entrevistados, em relação à inflação, renda pessoal e emprego, assim como a melhora nas percepções da situação financeira atual e do nível de endividamento, ainda que as expectativas para compras de bens de maior valor não tenham se alterado em relação ao mês anterior. 

3 comentários:

Anônimo disse...

EFEITO BOLSONARO = ORDEM E PROGRESSO .

Anônimo disse...

EFEITO BOLSONARO = ORDEM E PROGRESSO .

Anônimo disse...

VAMOS Q VAMOS , BO CALA UNIVERSO TAMBEM Q TEM UMA MONTADORA Q ANUNCIOU 1 BIILHAO EM INVESTIMENTO AGORA NO GOVERNO BOLSONARO