Brigada prende seis brigadianos suspeitos de parceria com Bala na Cara

A foto é de outra operação contra Bala na Cara.

A Brigada Militar confirmou, esta manhã, que seis policiais militares suspeitos de atuarem em parceria com integrantes de uma das mais violentas facções do Rio Grande do Sul foram presos esta manhã. Eles teriam fornecido armas, emprestado apoio logístico e colaborado diretamente. Trata-se de uma operação da Corregedoria-Geral da Brigada Militar e do Ministério Público na manhã.

Foram presos também dois criminosos do grupo criminoso Bala na Cara, a facção aliciadora.

Desde o início da manhã, são cumpridos 27 mandados de busca e apreensão — 17 em residências de PMs e seus locais de trabalho e 10 em casas de integrantes da facção criminosa.

Os brigadianos são do 11º BPM, o 20º BPM, ambos em Porto Alegre,  e o 31º BPM, em Guaíba. Também devem ser cumpridos 10 mandados de prisão, cinco dirigidos a PMs. Os suspeitos são ou foram do 11º BPM.