Entrevista, Ronaldo Nogueira, ex-ministro do Trabalho - Houve aumento da empregabilidade e não diminuição

O ex-ministro do Trabalho e deputado federal Ronaldo Nogueira, presidente da Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados, contestou, hoje, os números divulgados pelo PNAD sobre aumento de desemprego, que apontavam aumento do desemprego no Brasil.

O que houve ?
Houve aumento da empregabilidade no país e conforme o CAGED do Ministério do Trabalho, nos três primeiros meses de 2018, a geração de empregos foi a maior dos últimos cinco anos. A Reforma Trabalhista ajudou nisto, sem falar nos fatores de modernização extraordinários que promoveu nas relações do trabalho. 

Não é o que diz o PNAD.
O PNAD - Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios é uma pesquisa por amostragem, enquanto o CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, não.  O Cadastro é baseado em um dado aritmético composto pelo somatório das declarações prestadas por todos os estabelecimentos que empregam pessoas no Brasil. Ou seja, cada vez que uma empresa admite ou demite um funcionário deve obrigatoriamente informar o Ministério do Trabalho dentro do mesmo mês do ocorrido, sob pena de multa.

Vale o CAGED ?
Não existe melhor aferidor de ocupação de mão de obra no Brasil do que o CAGED, pois não é uma amostragem, mas um dado real que mostra com fidelidade o quadro do emprego no Brasil.

CLIQUE AQUI para ler mais.