Boticário compra Vult por R$ 1 bilhão

O blog e newsletter Brazil Journal, do publisher Geraldo Samor, informa hoje que o Grupo Boticário acaba de comprar a Vult, uma marca de maquiagem jovem e com distribuição nacional, marcando a primeira vez que o CEO Artur Grynbaum recorre a aquisições numa empresa acostumada a crescer organicamente.

Leia mais:

A Vult faturava R$ 250 milhões em 2016 — o último dado disponível. Assumindo aquele faturamento e múltiplos de 4 a 5 vezes receita praticados em transações recentes nos EUA, o Boticário pode ter pago R$ 1 bilhão pela empresa.

Na compra, o Boticário está levando junto os fundadores da Vult: Murilo Reggiani e Daniela Cruz, dois amigos de infância que criaram a marca em Mogi das Cruzes em 2004.

CLIQUE AQUI para saber mais detalhes.

2 comentários:

Anônimo disse...

Vult é uma marca boa, barata e sempre à disposição nas farmácias.
Será que vai continuar assim?
Duvido!
No Brasil, tudo o que é bom acaba.

Anônimo disse...

Se o Conselho não colocar camisa de força nesses executivos que compram empresinhas por um bilhão a empresa vai pro pau...raríssimos são os casos sde aquisições que dão resultado.....a maioria apenas deixa ainda mais ricos os vendedores...e os advogados...