R$ 70,5 milhões de dinheiro sujo que Dilma mandou pagar para João Santana já estão na conta do STF

Curiosamente, João Santana foi preso por causa da sujeira, o dono da propina, Marcelo Odebrecht, está preso no Paraná, mas a beneficiária que mandou realizar a operação, Dilma Roussef, flana pelo mundo.
Na foto ao lado, João Santana, Dilma, Marcelo e Mônica Moura, todos protagonistas da grande sujeira. 

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, pediu à Procuradoria da República (PGR), nesta quarta-feira, que se manifeste sobre o dinheiro transferido no último dia 8 pelo marqueteiro João Santana, responsável pelas campanhas de Dilma Rousseff à Presidência.

O dinheiro é sujo, pago pela Odebrecht a mando da candidata do PT. 

Como parte do acordo de colaboração premiada firmado com o Ministério Público Federal, Santana enviou ordem de pagamento à Caixa Econômica Federal no valor de US$ 21,8 milhões, o equivalente a R$ 70,5 milhões.

CLIQUE AQUI para resgatar as confissões de João Santana e Mônica Moura, marqueteiros de Dilma e do PT. Veja os vídeos com as confissões da dupla. 

34 comentários:

Anônimo disse...

Não há curiosidade nenhuma nisso.
Fato é que funciona assim.
Tanto Dilma como Lula já sabem que não serão presos.
Assim foi também no mensalão,quando o chefe Lula,também não foi.
Só os outros.
Assim mesmo,logo em seguida,estavam todos libertos.
Foi tudo uma farsa.
Como está acontecendo agora.

Anônimo disse...

Com todo o respeito, confio mais no bêbado da esquina do que nas decisões do STF.

Anônimo disse...

Solta e sem foro... assim como o molusco... Deve ser uma espécie de "foro espiritual"...

Sheila disse...

Ninguém vai prender Lula e Dilma...pois assim que o fizerem o STF bolivariano irá correr em socorro deles. Tá tudo dominado.

Anônimo disse...

Cadeia na safada

Anônimo disse...

Exclusivo: O caso João Santana e o advogado irmão do procurador:

Luis Nassif - 19/10/2017

A INDÚSTRIA DA DELAÇÃO PREMIADA
Na Lava Jato, a indústria da delação premiada consagrou um novo tipo de especialidade advocatícia, muito bem remunerada, tendo algumas características bastante específicas: o advogado vale tanto quanto pesam suas relações pessoais junto à força tarefa da Lava Jato (...)
​Juiz e procuradores definem o que é relevante ou não na delação, para ter direito à redução de pena e de multa, à liberação de recursos bloqueados e até a fazer vista grossa a contas mantidas no exterior.(...)

Peça 1 - o caso João Santana – Mônica Moura: Um dos casos mais emblemáticos foi a delação de João Santana e Mônica Moura, marqueteiros das campanhas do PT. (...)
No livro de Tacla Durán – o advogado que se recusou a fazer o acordo de delação -, e no resultado final das delações da Odebrecht, percebe-se que Santana e esposa respondiam diretamente à empreiteira em todas suas investidas políticas em outros países e continentes(...).
A maneira como a Lava Jato conseguiu reescrever essa relação foi simples. Bastou que mudassem o foco e trouxessem declarações contra Dilma Rousseff e Lula – ainda que desacompanhadas de provas ou indícios – para conseguir os benefícios.

Peça 2 – os benefícios extraordinários aos marqueteiros: Em seu acordo de delação, os benefícios conquistados por João Santana e Mônica Moura foram excepcionais. Além da redução radical da pena, houve benesses extraoficiais, com a Lava Jato fechando os olhos a contas do casal no exterior. Segundo declarações da Tacla Duran, Mônica deixou de declarar duas contas offshore e uma conta laranja. E os procuradores fizeram vista grossa (...).
A mera referência a Lula nas planilhas bastou para que fosse investigado e denunciado. No caso do casal Santana, nada foi feito.

Peça 3 – o enfoque político-partidário: Uma das hipóteses é a motivação política da Lava Jato: No dia 06/03/2017 João Santana e Mônica Moura prestam depoimento na Lava Jato, trazendo um conjunto de afirmações inéditas. Nele, Mônica declara – sem provas – versões inverossímeis. Como a história de que Dilma sugeriu que João Santana migrasse a conta que tinha na Suíça para Singapura (...)
A essas afirmações Mônica juntou alguns factoides de impacto meramente midiático, seguindo a estratégia padrão da Lava Jato, como a história de que pagava R$ 4 mil para uma mulher que trabalhava como cabeleireira e governanta para Dilma. Segundo Mônica, Dilma a teria chamado no Palácio, preocupada com rumos da Lava Jato. E teria combinado com ela conversar “de modo seguro”. Segundo Mônica, na presença de Giles, seu assessor de confiança, ela pegou o computador e criou a conta 2606iolanda@gmail.com e o iolanda2606@gmail.com. Mônica afirmou que Dilma queria contato frequente, daí a razão da comunicação segura. Mas não havia nenhuma prova da tal comunicação. Delatores e procuradores não tiveram nenhuma preocupação com a verossimilhança das informações (...)

Peça 4 – o enfoque profissional: Na Peça 3 se poderiam invocar direcionamento político-ideológico da Lava Jato para manipular a delação. Mas é histórico o uso de campanhas macarthistas para esconder outros propósitos. Foi o caso de Joseph McCarthy, John Edgard Hoover, dos brasileiríssimos Amaral Peixoto e Demóstenes Torres. E de Roberto Civita, da Editora Abril (...)

Seu advogado é Rodrigo Castor de Mattos, irmão do procurador Diogo Castor de Mattos, integrante da força-tarefa da Lava Jato.Questionado pela imprensa sobre o parentesco, a assessoria do Ministério Público Federal, em Curitiba, limitou-se a declarar que Diogo não atuou em nenhum caso envolvendo o publicitário. (...)

Não foi a única vitória do advogado Diogo Castor de Mattos. No dia 17 de agosto de 2017, conseguiu o que parecia impossível: convencer o juiz Sérgio Moro a liberar R$ 10 milhões para o casal Santana, com um despacho em que Moro mostrava seu lado humano. (...)

Anônimo disse...

MAIS RACISMO: SOCIALITE ATACA FILHA DE ATORES E A CHAMA DE MACACA

O Brasil vive uma epidemia de racismo. Depois dos casos de William Waack, que ofendeu os negros com o comentário sobre "coisa de preto", e de Laerte Rimoli, o presidente da EBC que agrediu a atriz Taís Araújo, agora foi a vez de uma socialite chamada Day McCarthy tentar sair do anonimato agredindo a filha do casal Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank, chamando-a de macaca; Giovanna já foi às redes sociais e disse que irá processar a agressora por um crime que, no Brasil, é inafiançável
26 DE NOVEMBRO DE 2017 ÀS 16:25 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

NASSIF: ‘NA MANIPULAÇÃO DO CASO GAMECORP, PGR DEVE MOSTRAR A QUE VEIO’
Raquel Dodge (foto de Antonio Cruz-ABR)
Jornalista Luis Nassif lembra que, "segundo reportagem da Folha, a Lava Jato estaria pressionando a Andrade Gutierrez a delatar influência política no aporte feito na empresa Gamecorp, da qual um dos filhos de Lula era sócio"; Nassif levanta hipóteses como, "o repórter inventou a história", "O jornal resolveu requentar o caso por razões políticas", ou "alguém da Lava Jato ou da Andrade Gutierrez passou a informação ao repórter"; ele aponta perseguição política contra o ex-presidente Lula; "Espera-se que a nova Procuradora Geral da República cumpra o que prometeu na posse: combater toda forma de manipulação de informações provenientes dos processos tocados pelo MPF", acrescenta
26 DE NOVEMBRO DE 2017 ÀS 19:21 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

ESSA CADEIA AINDA SERÁ RETIRADA DE CIRCULAÇÃO PARA SE PENITENCIAR E NÃO DIFAMAR SEU PAÍS NO EXTERIOR PELAS CAGADAS E DESTRUIÇÃO PLENA QUE CAUSOU.

ATENTO disse...

EXORCISMO DO BRASIL PELAS URNAS! SÓ FICHA LIMPA

CÃES PETISTAS ATADOS COM LINGUIÇA É O QUE ACEITAMOS

NÃO PODIA DAR OUTRA COISA,POVO PAGOU PARA APRENDER.

SERÁ QUE APRENDEU?

COMO RESTAURAR A CONFIANÇA?

NÃO ACEITARMOS CRIMINOSO JULGADO E CONDENADO SER CANDIDATO
DE JEITO NENHUM!

TEM JOIO,TEM TRIGO,SEMPRE TEVE SEMPRE TERÁ

NÓS,NÓS,NÓS TEREMOS QUE VIGIAR,NOS INTERESSAR,INFORMAR POR POLITICA,VOTAR MELHOR!

ANJO DA GUARDA POLITICO NÃO EXISTE,VOTAR NO DIABO É O QUE DEU

É NOSSA TAREFA SELECIONAR.

SELECIONANDO ERRADO O RESULTADO É O QUE TEMOS HOJE

SE NOS INTERESSARMOS VAI MELHORAR,

DEIXAR OS CÃES PETISTAS ATADOS COM LINGUIÇA DÁ NISSO,COMEM A LINGUIÇA.

SÓ FICHA LIMPA DE VERDADE,NÃO ACEITARMOS CRIMINOSO JULGADO E CONDENADO SER CANDIDATO , DE JEITO NENHUM!

SÓ FICHA LIMPA,DE VERDADE,NÃO ACEITARMOS CRIMINOSO JULGADO E CONDENADO SER CANDIDATO, DE JEITO NENHUM!

SÓ FICHA LIMPA, NÃO ACEITARMOS CRIMINOSO JULGADO E CONDENADO SER CANDIDATO
DE JEITO NENHUM!

VOTARAM EM QUEM CHAMOU O DIABO,O BRASIL FOI TRANSFORMADO NUM INFERNO!

TEREMOS QUE EXORCIZAR O BRASIL PELAS URNAS!

Anônimo disse...

E o MEDO? O Judiciário SE CAGA de medo, tanto de Dilma, quanto de Lula! Não fosse esse PAVOR dos briosos e valentes (contra os pequenos) membros do Judiciário e do MPF, esses dois LÍDERES DO ASSALTO AOS COFRES PÚBLICOS, já estariam atrás das grades há muito tempo!!!

Anônimo disse...

A justiça vermelha protege o PT e governa o pais...é o verdadeiro poder executivo...

Anônimo disse...

Esses petralhas do STF condenam todo mundo, menos Dilma e Lula, os maiores ladrões da história do páis.

Anônimo disse...

Mulher de João Santana está livre. Com Moro é assim: dedurou, soltou:

FERNANDO BRITO · 01/08/2016 - O Tijolaço

Professores de direito, juristas, advogados, parem de discutir Direito Penal e fundamentos da prisão preventiva!

Esqueçam o que aprenderam.

Vale hoje no Brasil a “jurisprudência” daqueles comissários de política dos anos 50: “mete este desgraçado na cadeira e diz que só sai quando disse tudo o que eu quero ouvir!”

O Dr. Sérgio Moro mandou prender João Santana e Monica Moura, sua mulher, em fevereiro deste ano.

Eram, portanto, um risco à sociedade e/ou ao andamento da ação da Justiça.

Mas, finalmente, depois de metade de um ano de “cana”, os dois converteram-se de demônios em anjos. Monica foi solta e Moro já avisa que fará o mesmo com o marqueteiro.

Falaram o que deles se queria ouvir e, portanto, passaram a ser do time dos “bonzinhos”, com seus milhões de dólares.

Antes de falarem, eram os “malvados” com seus milhões de dólares.

Com seis meses de cadeia não é difícil conseguir uma confissão contra qualquer um.

E movimentando tanto dinheiro é simples dizer que algum dele é “por fora”, camuflado em outros contratos, mesmo que o valor oficial já seja muito generoso e capaz de cobrir, com muita sobra, os serviços efetivamente prestados.

Presidamos mudar urgentemente o ensino de Direito no Brasil, para acolher esta mudança na lei, para incluir, com mesóclise e tudo, o novo dispositivo legal: “prender-se-á aquele que for acusado, por tempo indeterminado, até que diga o que se quer ouvir sobre aqueles que o juiz deseja alcançar”.

Aquele comissários, de camisa aberta, cordão de ouro e palito nos dentes eram visionários!

PS. Depois de escrever o post, vejo no Estadão que a soltura também beneficiou João Santana. E lá está a espetacular definição da defesa de ambos para a soltura: “O advogado (do casal) explicou que as solturas não têm relação com os depoimentos de delação premiada dos dois, mas com o fato de o juiz ter entendido que não há mais razões para manter a prisão preventiva, uma vez que estão colaborando. Colaborando, como, senão pela delação? Vão cuidar do marketing de Moro?

Anônimo disse...

Vale o conselho do jurista que conversou com Lula no áudio vazado (quase sem querer): a condenação está decidida, não ouvirão defesa ou testemunhas, não haverá julgamento.

Anônimo disse...

SERA QUE NA ONU, UM PROCESSO DEMORA COMO AQUI NO STF A SER JULGADO.

SE FOR RAPIDO, O moro, CAI RAPIDO, ou não?

Anônimo disse...

Perguntar não ofende: O pau de arara foi substituído pela prisão preventiva indefinida. Em ambos os casos existe a cumplicidade da mídia a serviço da direita e do grande capital sem pátria. Ou tem outro motivo para os presos preventivos mudarem o depoimento e delatar alguém do Pt para se ver livre da prisão?

Anônimo disse...

A cupixa do boquirroto continua posando de rainha e gastando mais do o cara do gorpi.

Anônimo disse...

VERSÃO DE MÔNICA NÃO BATE NEM COM A DO MARIDO

Vídeo preparado pelo internauta Paulo de Andrade comprova a fragilidade do depoimento de Mônica Moura, que disse em sua delação premiada que seu marido, o publicitário João Santana, foi alertado diretamente pela presidente deposta Dilma Rousseff sobre a iminente prisão do casal pela Lava Jato; o problema é que João Santana, em sua delação, contradiz o depoimento de Mônica; "Nunca veio um alerta seja de quem fosse, de alguém do governo, dizendo 'olha, saiu o decreto'. Nós soubemos pela notícia", disse Santana; assista aos trechos dos dois depoimentos
15 DE MAIO DE 2017 ÀS 20:49 // 247 NO TELEGRAM Telegram // 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

APÓS DELATAR LULA E DILMA, JOÃO E MÔNICA VIVERÃO EM PALÁCIO NA BAHIA

Delatores do momento, com acusações contra o ex-presidente Lula e Dilma Rousseff, os marqueteiros João Santana e Mônica Moura vão cumprir prisão domiciliar em sua mansão em Interlagos, no Litoral Norte da Bahia; a casa, paradisíaca, é capa da edição mais recente da revista Casa e Jardim, da Editora Globo; a construção é dividida em alas e tem vista para o mar e para um lago, com píer particular; o casal tem dado os depoimentos mais polêmicos dos últimos dias no âmbito da Operação Lava Jato; Santana acusa Lula de "saber de tudo" e Mônica diz que Dilma teria criado um email falso para se comunicar com ela; tanto Lula como Dilma os acusam de terem inventado estórias falsas, porque esta seria a moeda exigida pela Lava Jato para lhes dar a liberdade; confira galeira de imagens
14 DE MAIO DE 2017 ÀS 20:39 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Aqui o Lattes do Felipe Pedrotti Cadori
Um furo de reportagem realmente.
Aquele que fez o registro em cartório do e-mail de Moura (supostamente de Dilma) foi estagiário do Tribunal de Justiça do Paraná até pelo menos 3 de abril de 2016
A armação é clara.
Guardei o print do CV inteiro
http://buscatextual.cnpq.br...

Anônimo disse...

Supremo Tribunal da impunidade. Esta mulher era para estar presa, impôs dor e sofrimento a todo povo brasileiro e fica tirando onda mundo afora.

Anônimo disse...

Supremo Tribunal da impunidade. Esta mulher era para estar presa, impôs dor e sofrimento a todo povo brasileiro e fica tirando onda mundo afora.

Anônimo disse...

Kkkk, Dilma culpada e temer santo....tu estás gagá....

Anônimo disse...

Pensar assim em nada ajuda. Espero que sejam presos sim e que se faça justiça. São dos ex presidentes corruptos que impuseram sofrimento e dir aos brasileiros. Cadeia já!!!

Anônimo disse...

Supremo Tribunal da impunidade.

Anônimo disse...

Não brinca com o povo brasileiro. Nossa paciência tem limite. LULADRAO e Dilmandioca na prisão.

Anônimo disse...

Esse Nacif é mesmo um esquerdopata de carteirinha, mais vermelho bolivariano impossível.

Anônimo disse...

Esse é bolivariano, sempre apoiou os desgoverno corruptos de Lula e Dilma.

Anônimo disse...

Será rabo preso??????? Acho que o Enganot é o mais culpado disso tudo. Espero sucesso para Raquel Dodge!

Anônimo disse...

Temer tem feito excelente trabalho frente à Presidência, claro que muitos ficam irados com ele, cortar privilégios não é fácil. Espero que Lula e Dilma sejam presos, dois dos desgovernos mais corruptos do mundo.

Anônimo disse...

GGN REVELA O CARÁTER RIDÍCULO DAS EVIDÊNCIAS DE MÔNICA E JOÃO SANTANA CONTRA DILMA

Entre as provas anexadas na delação premiada da esposa de João Santana estão: senha de Wifi, passagem de avião, agenda onde consta "compromisso com a tia", arquivo de Word e uma conta de Gmail de onde e-mails nunca foram disparados, aponta a jornalista Cíntia Alves
13 DE MAIO DE 2017 ÀS 00:18 // TV 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

/Essa cambada de ladrões do dinheiro público, chamado PT(partido do trambique), esquecem que foram elles quem elegeram o Temer vice da COMPLETA IDIOTA da dilma. Outra... se não fosse o PMDB do temer, o molusco, ladrão cachaceiro analfabeto, não se elegeria nem para porteiro de cinema, o mesmo para A COISA, que hoje anda pela Europa gastando o dinheiro do povo e falando mal do Brasil.

- Aguardem...a desgraça está chegando. Se o molusco ladrão se eleger novamente, a Venezuela parecerá um jardim de infância perto do que ficará o Brasil com esse ladrão de volta.

Anônimo disse...

O MP e o Judiciário estão infestado de petralhas, estou perdendo a esperança de ver o Luladrão e a Dilmanta presos.