Peritos da PGR revelaram e-mails secretos de Dilma. Ela tentou obstruir a ação da Justiça no caso João Santana.

Os procuradores confirmaram as denúncias de Santana e Mônica Moura.

O jornal O Globo de hoje revela que a PGR comprovou que Dilma Roussef usou mesmo po codinome Iolanda e e-mails secretos para trocar mensagens comprometedoras com seus marqueteiros João Santana e Mônica Moura.

Rodrigo Janot denunciou-a por ter usado um e-mail clandestino para se comunicar com João Santana e obstruir a Lava Jato.

O Globo, revela que os peritos da PGR comprovaram o fato.


De acordo com a denúncia de Rodrigo Janot, “os dados telemáticos obtidos (…) confirmaram a existência dos e-mails em questão”.

30 comentários:

Anônimo disse...

Chupa, Iolanda. Mentirosa vai puxar cana com seu parceiro maishonesto.

Anônimo disse...

Psicopata ...

Anônimo disse...

Com dois anos de atraso. Janot é um petralha.

Mordaz disse...

Café pequeno perto do que já se sabe de Temer. Que convoca até a futura procuradora da república para dar instruções na calada da noite.

Anônimo disse...

APÓS CRITICAR O PMDB, MAIA JANTA COM OPOSITORES DE TEMER
REUTERS/Adriano Machado
Depois de criticar duramente Michel Temer e setores do PMDB, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, jantou com integrantes da ala do PMDB que fazem oposição ao Planalto; jantar aconteceu na casa da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), que foi suspensa das funções partidárias em 13 de setembro, após dar declarações públicas contra a cúpula do partido; além dela, participaram os senadores Renan Calheiros (PMDB-AL) e Eduardo Braga (PMDB-AM), ambos críticos do governo Temer, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), que se mantém aliado a Temer; além dos integrantes do PMDB, deputados de outros partidos participaram do encontro, entre eles, Alexandre Baldy (Podemos-GO) e Orlando Silva (PC do B-SP); este último é um dos membros da oposição mais próximos do presidente da Câmara
22 DE SETEMBRO DE 2017 ÀS 05:00 // 247 NO TELEGRAM Telegram // 247 NO YOUTUBE Youtube

Anônimo disse...

Perito da PGR? Desde de quando PGR trm perito oficial?

Anônimo disse...

Até onde se saiba "períto oficial" são da PF, porque não a PGR não submeteu os tais emails secretos aos Peritos da PF, assim como ela fez com o audio do traira com o Joesley?

Anônimo disse...

Tá muito estranho essa de Perito da PGR. Perito da PGR faz juramento ou "escreve" o que o chefe PGR manda?

Anônimo disse...

Isso tá cheirando mutreta da PGR, porque não enviaram os ditos emails falsos para os Peria "ofial" da PF?

Anônimo disse...

Perito da PGR é igual a Perito contratado pelas partes, sempre atestam o que quem pagou quer, não foi o caso do Perito Molina, contratado para periciar a conversa do Temer com a do Joesley?

Anônimo disse...

O que está escrito na noticia grifado em "amarelo" está mais para Relatório da Procuradoria dizendo e não "atestando" que houve envio de email secreto? Esses email não passam pelo crivo do primeiro perito que a Folha contratou para periciar a fita com audios do temer com Joesley?

Anônimo disse...

Desde de quando Relatório é Pericia?

Anônimo disse...

Não sabia que um Reltório da PGR era o mesmo que pericia.

Anônimo disse...

A denuncia da PGR é considerado pela lei pericia?

Anônimo disse...

Porque a reporcagem, digo, reportagem não mostra a tal Pericia da PGR, constando o juramento, s nomes dos peritos, que tipo de equipamento foram usados para atestar a veracidade se os emails são verdadeiros ou plantados, enfim qual o metodo usado e qual a Lei que diz que a PGR permite Perito oficial?

Anônimo disse...

IOLANDA NA CADEIA.!!!

Justiniano disse...


Mas e a Dirma é capaz de ter essa criatividade, não sei não!!!!

Mal ela sabe escrever um e-mail e com monte de erros, deve ser o espirito de Iolanda.

Anônimo disse...

Em um país sério, ela já estaria em prisão preventiva agora.

Anônimo disse...

Moro libera R$ 10 milhões a João Santana e Monica

Defesa do casal de marqueteiros das campanhas presidenciais de Lula e Dilma pedia desbloqueio de valores sob o argumento que delatores da Lava Jato ‘estão passando por dificuldades’

17 Agosto 2017 - Estadão

O juiz federal Sérgio Moro mandou liberar R$ 10 milhões ao casal de marqueteiros (...)

Anônimo disse...

Essa Pericia foi submetida ao perito Molina?

Anônimo disse...

Essa pericia passou, pelo menos, pelo crivo do perito Ricardo Caires dos Santos (aquele contratado pelo temer, digo, pela folha....), pelo menos esse era perito oficial do TJ do PSDB, digo TJ de SP, pelo menos se intitulava.

Anônimo disse...

Seus vagabundos, deviam se preocupar é com a corrupção dos amigos de vocês do PMDB e PSDB. Pra isso vocês fecham os olhos, bando de vendidos!

Anônimo disse...

Perguntar não ofende: Perito do MPF é concursado, CC ou é pericia terceirizada?

Anônimo disse...

A LADRA COMUNA- BOLIVARIANA- SAFADA SEM VERGONHA ORDINARIA IOLANDA 171 JA DEVERIA ESTAR E CANA MAS É BLINDADA PELO STF

Anônimo disse...

SAO CLAROS OS E MAILS MANDADOS PELA DILMA- ELA USAVA O NOME IOLANDA - NUM DELES DILMANTA DIZ QUE O ..TA DOENTE= É ELA AVISAVA MARQUETEIROS QUE ELES IRIAM SER PRESOS OS E MAILS COMPROVAM O MESMO QUE OS MARQUETEIROS DISSERAM É ELES JA DELATARAM QUE DILMA LHES AVISAVA Q ELES IRIAM SER PRESOS HEHHEHE DILMANTA ESTA EM COLICAS

CADEIA NA IOLANDA

Anônimo disse...

HAHHA OLHA O PELEGO PAGO AI EM CIMA TODOS COMENTARIOS MENTIROSOS AI SAO DELE= E MAIS= QUEM ELEGEU TEMEROSO FOI VOCE E NAO NÓS- BUUUU

Anônimo disse...

O artigo e a parte em amarelo é Relatório/denuncia do PGR, sequer fala em Perícia ou eu to loco ou o autor do artigo acha que colou esse 171?

Malando é malandro - mané é mané, ou seja, é o suficiente para os neo nazistas, afinal ele não enxergam além do umbigo.

Anônimo disse...

A internet é o inferno das esquerdas ,aqui no máximo fazem recorta e cola e argumentam com a adequação e a coerência de antas drogadas, e depois partem para tentar difamar e caluniar quem usa seus neurônios. São tediosas e monstruosamente limitadas as armas das esquerdas na internet, mostram uma pobreza incomum.

Anônimo disse...

Alckmin e Doria seguem na rixa para a disputa à Presidência

22/09/2017

Jornal GGN - O prefeito de São Paulo, João Doria, e o governador Geraldo Alckmin seguem nos conflitos de posições para a disputa à Presidência em 2018. Considerando-se nome mais consolidado dentro do PSDB, Alckmin quer que a sigla toma a decisão o mais rápido possível, enquanto Doria espera angariar mais apoios até o próximo ano, conseguindo mais espaço em pesquisas eleitorais, acima inclusive de seu padrinho político.

Nesta quarta-feira (20), Alckmin já havia criticado a articulação de Doria para o PSDB adiar a escolha do nome que irá disputar as eleições no próximo ano. "Se deixar lá para o meio do ano, quem for candidato, independente de quem seja, acaba saindo de forma improvisada", disse o governador.

Em crítica quase direta à Doria, o tucano defendeu a investida conservadora, associando novidades à "improvisação", o que a seu ver é negativo: "Tudo que é improvisado é malfeito. Aliás, no Brasil, precisamos parar com improvisação, inclusive na política", afirmou.

Diante dos avanços de uma rixa mais explícita entre ambos os políticos, que já iniciaram movimentos por coletas de apoios de partidos dentro do Congresso e de nomes da política regionais, Doria vem se aproximando de outros partidos, com sinais de uma possível migração.

Nesta quinta-feira (21), o prefeito de São Paulo se reuniu com a cúpula do DEM, em um jantar. Segundo reportagem da Folha de S. Paulo, João Doria estaria disposto a mudar de legenda para disputar o pleito à Presidência no próximo ano.

Como já vem fazendo, o prefeito teria adotado o tom cauteloso, mas sem deixar de se apresentar como uma opção para o DEM. Se, por um lado, tenta demonstrar respeito ao seu padrinho político, Geraldo Alckmin, vem se posicionando em divergência ao governador e como um possível concorrente na disputa pelo Planalto, seja dentro ou fora do PSDB.

Nessa linha, Dória está confiante. Desde as suas última viagens, até os movimentos que vem fazendo de aproximação a outros partidos, além do DEM, do próprio PMDB, chegando a receber elogios do presidente Michel Temer, seu nome aparece acima do de Alckmin nas últimas pesquisas.

Alckmin foi questionado sobre surgir com intenções de voto inferiores a de Doria: "Eu não disputo eleição já há vários anos, não disputei a eleição do ano passado e a eleição de governador fica embaixo da de presidente. Então, não chama atenção [o resultado]", disse.

Em referência às viagens do prefeito paulsita, ainda não o mencionando diretamente, o governador disse que acredita que ele está bem nas pesquisas, considerando que nem sequer tem "viajado tanto". "Em alguns cenários até estou na frente [de Doria]", defendeu.

Não é o que considera Doria. O prefeito vem reiterando nos últimos meses que a escolha do nome do PSDB para a disputa à Presidência não deve ignorar as pesquisas eleitorais, que a população é quem deveria escolher. Neste cenário, Doria seria o escolhido, de acordo com os últimos levantamentos realizados. Mas a insistência de Alckmin vem se mostrando um obstáculo às expectativas do prefeito. Por isso, recentemente, João Doria aventou a possibilidade de migrar de partido.

Em jantar nesta quinta, o prefeito recebeu em sua casa na capital paulista os principais dirigentes do DEM, entre eles o presidente da Câmara, Rodrigo Maja (RJ), o ministro Mendonça Filho (Educação), o prefeito de Salvador, ACM Neto, o líder do partido na Câmara, Efraim Filho (PB), entre outros.

Maia vem mudando o discurso. Na última declaração, o deputado havia manifestado a favor de o partido apresentar candidatura própria e não seguir apenas apoiando um nome de outra sigla. Mas nesta quinta-feira, o presidente da Câmara respondeu: "Se essa fosse a decisão do PSDB, e se o DEM não tivesse candidato, qual seria a melhor opção que não apoiar Doria?", disse a jornalistas.

Anônimo disse...

Eternamente Iolanda. Na Coreia do Sul destituíram e prenderam a presidente corrupta. Aqui no Brasil tudo é feito pela metade. Deixaram a Iolanda (ou seria Janete) solta, com os direitos políticos intactos e com mordomias mil (assessores, seguranças, motoristas, carros oficiais, viagens à vontade...).