J&F anunciou neste sábado a venda da empresa Eldorado Celulose e Papel por R$ 15 bilhões para o grupo Paper Excellence.

A J&F é a holding que reúne os negócios dos irmãos Joesley e Wesley Batista, entre eles, o frigorífico JBS. 

A venda da Eldorado é o maior negócio anunciado por eles até o momento.

Segundo comunicado enviado à imprensa, o contrato de compra e venda foi assinado neste sábado e estabelece a transferência de até 100% das ações pelo valor de R$ 15 bilhões. A operação será finalizada em até 12 meses. A Eldorado produz cerca de 1,7 milhão de toneladas de celulose de eucalipto por ano.

De acordo com o grupo Paper Excellence, a aquisição é importante porque inclui no seu portfolio ativos de produção de celulose de eucalipto. No texto, a J&F destaca a qualidade dos ativos que compõem a Eldorado e as empresas afirmam que a negociação atendeu ao interesse das duas partes.
Venda de ativos

Esta é a terceira venda de ativos da J&F após o escândalo de corrupção envolvendo o nome do grupo. Em agosto, a J&F anunciou a venda da Vigor para o grupo mexicano Lala, em uma transação de aproximadamente R$ 5,72 bilhões.A J&F vendeu sua participação de 54,24% na Alpargatas para a Itaúsa, Cambuhy Investimentos e Brasil Warrant (BW) por R$ 3,5 bilhões, em junho. Em maio, a J&F fechou acordo de leniência com o Ministério Público Federal (MPF) e vai pagar uma multa de R$ 10,3 bilhões em 25 anos. A J&F também é controladora do frigorífico JBS, que anunciou em junho a venda de ativos na Argentina, Paraguai e Uruguai para a rival Minerva, para reduzir seu endividamento e levantar recursos. Em junho, a JBS informou a realização de um programa de desinvestimentos de R$ 6 bilhões.

13 comentários:

Anônimo disse...

Essa gentalha que se une a essa Escumalha de politicos, deveriam sofrer perda de TODOS os bens. Deixar ladrão na penuria...Mas para isso acontecer temos que tirar a bunda da cadeira e entrar na política...Me aguardem.

Anônimo disse...

"DOUTOR HONORIS CAUSA"

DE RETALHISTA A BRECHÓ DE EMPRESAS BILIONARIAS.

Ele falou: ...e com uns trocados que sobraram,comprei um iate, um apartamento de luxo em NovaYork,e fiz o casamento mais luxuoso que São Paulo jamais viu...

Esse é que sabe das coisas...

Anônimo disse...

Uma multa de 10,3 bilhões em 25 anos? Negócio de pai para filho com o dinheiro público. Da onde tiraram tanto dinheiro? O leão para o trabalhador assalariado morde, mas para esses fazem vista grossa. Não há curiosidade de como ganharam tanto dinheiro? Tem que investigar. E devolver o dinheiro em menos tempo para ser investido na Saúde, Educação do povo e Segurança.

Vandeco disse...

Alguém poderia me dizer qual empresa a J&F NÃO comprou com a "mãosinha dada" com o BNDES?

Anônimo disse...

Ao invés de pagar a multa de 10,3 bilhões em 25 anos que é negócio de pai para filho com o dinheiro público, poderia agora que está se desfazendo da Empresa Celulose e Papel, pegar esse dinheiro e devolver para o BNDES, pois não é deles mesmo. Assim o governo poderia repartir para empresas pequenas para gerar mais empregos.

Anônimo disse...

Será que já pagaram ao BNDES o que devem????? Tem de ficar de olho.

Anônimo disse...

15 bilhões por 1 fábrica de celulose, enquanto que toda a Eletrobras está para ser vendida por 20 bilhões somente!!!

Pra ver se os fãs da privatifaria entendem:

Eletrobras = 47 usinas hidroelétricas, 114 térmicas e 69 eólicas, com capacidade de 47.000 MW de energia, 61 mil quilômetros de linhas de transmissão com tensão maior ou igual a 230kV, 6 distribuidoras e a Eletronuclear, empresa estratégica que controla as 2 usinas nucleares brasileiras.

Entendeu ou quer que desenhe?

Anônimo disse...

Concordo com o anônimo das 15:25h. Será que o governo pensa que os 207 milhões de brasileiros são idiotas? A J&F vendendo uma fábrica de celulose por 15 bilhões? É de se pensar. Ou o governo está dando de graça a Eletrobrás ou a J&F está cobrando um preço abusivo.

Anônimo disse...

o fiscal só aparece para o pobre e para o micro-empresario, de resto pode ate peidar na cara do temer q esta tudo vantajoso, estao ate esporrando nas senhoras na rua hj em dia

Anônimo disse...

Desde 1808 se repete a mesma história um passo pra cá um passo pra lá juiz ladrão continua até o próximo verão.America não muda e coisa de pai para filho.

Anônimo disse...

Viva Bolsonaro
Viva Sérgio Moro
Salvemos a Amazônia
Salvemos a Eletrobras
Salvemos a Familia

Anônimo disse...

E todas estas "VENDAS BILIONÁRIAS" devido ao HABEAS CORPUS, PERDÃO ETERNO
do JANOT e FACHIM ao AÇOUGUEIRO! Se o caldo desandar e o AÇOUGUEIRO alegar que vendeu tudo e que não tem dinheiro para restituir a roubalheira e nem para pagar multas, CADEIA E INDISPONIBILIDADE DE BENS PARA O JANOT e o FACHIM, que
são os fabricantes desta DELAÇÃO DE PAI PARA FILHO, deste parto de Mateus em dupla, logo, quem pariu Mateus, que embale!

Anônimo disse...

A empresa é deles, eles fazem o que querem