Alckmin reúne tucanato em SP para afinar discurso de apoio a Temer

O governador Geraldo Alckmin está resolveu convocar dirigentes e governadores do partido para uma reunião em São Paulo na segunda-feira. O objetivo do encontro, que deve acontecer no apartamento do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo, é tentar alinhar o discurso da legenda.

Alckmin defende apoio a Temer, já que o PSDB é governo.

A iniciativa foi tomada em um momento de acirramento do racha entre os tucanos. O senador Tasso Jereissati (CE), presidente interino do partido, disse nesta sexta-feira que o país "beira a ingovernabilidade" e o senador Cássio Cunha Lima (PB) afirmou que a gestão Temer "pode estar diante do início do fim".


As declarações levaram interlocutores de Temer a pedir providências aos ministros do PSDB.

5 comentários:

passanh disse...

As quadrilhas do Poder se movimentam freneticamente....JBS Globo PGR STF..PF....e o sistema financeiro e os militares assistem tudo ...caladinhos.. mas tem esses dois tem muito poder... Zé Dirceu escapou de Curitiba e conspira a luz do dia...Parece que conseguiram parar Moro em Curitiba...e o Tribunal Federal de POA está devagar quase parando...na verdade muitos golpistas estão sem saber o que fazer até porque alguns golpistas foram longe demais e está difícil recuar a uma posição confortável...os proximos dias serão eletrizantes...poderão entrar novos atores bem mais poderosos...

Anônimo disse...

Os tucanos sabem, que se abandonarem o Temer, estarão assinando a sua própria sentença de morte.

Anônimo disse...

Caro Políbio
Está escancarada a dificuldade do PSDB para tomar decisão. Os integrantes do partido precisam de um psiquiatra ou de uma sessão de descarrego. O fato é que, para mim, o partido acabou de se enterrar junto com o PMDB. Até eles se decidirem novo presidente já terá sido eleito e eles ficarão em cima do muro sem saber pra que lado ir, tampouco que candidato escolher. O fato é que, o partido escancarou como é fraco, frágil e corrupto, já que chefiado pelo bandidão do Aécio.
Esther

Anônimo disse...

Mas o calhorda é o FHC que se aliou ao Luladrão. é só investigar os encontros escondidos entre eles.

Justiniano disse...

Se Lula for candidato o PSDB vem de Dória e se for outro vem de Alckmin.