FNS ajudará a investigar homicídios no RS

Os jornais do centro do País informam neste domingo que a Força Nacional de Segurança (FNS), que atua em Porto Alegre desde setembro no policiamento ostensivo, deve passar a auxiliar também na investigação de homicídios. 

Os agentes devem atuar em delegacias de três regiões onde há maior número de mortes: Cruzeiro, Lomba do Pinheiro e Rubem Berta.


O chefe de polícia no Estado, delegado Emerson Wendt, afirmou que não recebeu a confirmação de maneira oficial. No entanto, ele avisou que conforme informações extraoficiais, algumas publicadas em jornais do centro do País, os agentes devem chegar em dezembro para auxiliar a Polícia Civil.

3 comentários:

Anônimo disse...

Esta Força Nacional Bolivariana não tem esta missão constitucional. Precisa ser extinta imediatamente antes que se transforme em Polícia Política na mão de qualquer tiranete que eventualmente venha assumir a presidência devdo ao voto burro do eleitorado de cabestro.

Anônimo disse...



Os crimes não deixam de serem resolvidos, apesar da incompetência do Polenta e seu inerte secretariado, principalmente o da Segurança Pública, o primeiro não falava o segundo fala demais, ação que é bom nada. A vinda da FNSP no segmento do policiamento ostensivo não ajudou em nada para a redução da criminalidade. Agora querem trazer o segmento não fardado, ou seja a policia civil e depois virão os peritos, de nada adianta se não tem onde colocar os presos. A menos que estes policiais que não conhecem a realidade da cidade, fiquem nas DPs tomando conta das carceragens e os daqui vão para as ruas, investigar e prender mais gente.

Anônimo disse...

Farsa Nacional o barba criou ela pq não confia no exército.