Segurança pública entrou em colapso no RS, diz especialista

Em entrevista apara o jornalista Eduardo Gonçalves, do site da revista VEJA, hoje, domingo, o sociólogo e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública Rodrigo Ghiringhelli de Azevedo explica a soma de fatores que culminaram na onda de criminalidade que aterroriza os gaúchos. Segundo o especialista, as medidas que foram tomadas até agora – como a substituição do secretário de segurança e o envio de tropas da Força Nacional ao Estado – têm apenas “efeito simbólico”.

Leia:

A que fatores o senhor atribui o aumento da criminalidade no Rio Grande do Sul? 
Principalmente, à redução do efetivo policial, ao parcelamento e diminuição dos salários dos policiais e à renovação das lideranças nas facções criminosas, que instauraram uma nova lógica de violência, baseada no extermínio dos grupos rivais para o controle do mercado da droga. Soma-se a isso o contexto de precariedade dos presídios gaúchos – superlotados e nas mãos do crime organizado -, o que só tem aumentado a arregimentação por esses grupos.

Como se deu esse processo de queda no efetivo policial? 
A diminuição ocorre desde os anos 80. Hoje, nós temos em média 18.000 policiais em todo o Estado. Nos anos 90, eram 25.000 homens. O número ideal para dar conta de toda a demanda seria cerca de 35.000.

CLIQUE AQUI para ler toda a entrevista.

9 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

A falência do Estado Gaúcho esta na raiz do problema.

Esta falência é financeira e moral, tendo a Esquerda Gauderia grande parcela de culpa.

A Assembléia Gaúcha também, pois não revisa as LEIS Estaduais que garantem aposentadorias antecipadas aos barnabés.

Conheço "brigadeano" que aposentou-se com 45 anos e certamente vamos pagar pensão a ele(depois a esposa) por, no mínimo, 50 anos. Não há ICMS que aguente.

Nem vou falar do Presídio Central. É covardia.

JulioK


Anônimo disse...

E POR FALAR EM COLAPSO...

ECONOMIA CHINESA ESTÁ NO CHEQUE ESPECIAL - 2 TRILHÕES DE DÓLARES EM EMPRÉSTIMOS TÓXICOS



http://exame.abril.com.br/economia/noticias/divida-chinesa-dispara-e-gera-temores-de-crise-bancaria


http://economia.estadao.com.br/noticias/setor-financeiro,fitch-alerta-para-risco-de-crise-no-setor-bancario-chines,87763e

Anônimo disse...

n entend d politica nem de governo, mas vejo que o rio grande do sul assim como o rio de janeiro, ESTAO FALIDOS, o melhor é fechar as portas, como governar com um rombo de 52 bilhoes - herança maldita deixada pelo comuna do pt o tal tarso genro que queria ser reeleito mas perdeu- foi corrido.... realmente os estados estao na penuria e a dificuldade ainda se agrava porque o pais tambem ta quebrado nos maiores rombos da historia desde a depresssao mundial de 31,sim com isto tudo a situaçao é de penuria total, como levantar o esttdo se o governo da dilmentira nao investiu , nao fez as reformas, correu com os investidores, se o governo federal nao anda afeta a TODOS= PT PERDA TOTAL, n tem como se levartnar em pouco tempo, serao anos de muita dificuldade, o estrago feito pelo pt foi gigantesco

Anônimo disse...

REGIME VERMELHO NAO DEU CETO EM LUGAR NENHUM, ALEM DE ESCRAVzIAREM OS TRABALHAdORES Q TRaBALHAM DIA E NOITE PASsAM A VIDA TODA RECEBENDO UMA MERRECA, sao censurados e mal tratados pelos cabeças que vivem no luxo

Pedro Lagomarcino disse...

Caro Políbio Braga,
Este especialista foi meu professor nos idos tempos da graduação.
Infelizmente, após a graduação, deu-me provas de não saber conviver com a dialética, na medida em que exclui das refes socuais (facebook) as pessoas que se opõem a ideologia do partido que ele apoiou ferrenhamente: o PT.
Basta ser a favor do impeachment de Dilma Rousseff e contra Tarso Genro, para ser excluído e chamado de golpista.
Aliás, na entrevista que ele lhe concedeu, ao que vejo, faltou autocrítica, da parte dele, uma vez que foi extremamente o partido que ele defende que deixou o Estado do RS entregue ao crime, exatamente, por se tratar de uma Organização Criminosa, travestida de partido político, a qual levou o Brasil a situação que se encontra hoje.
Como não lembrar de Tarso Genro ao destruir uma ala do Presídio Central, sem ter um presídio pronto para colocar a massa carcerária que estava nesta ala?
Eis a prática do PT: colocar criminosos condenados, em liberdade, através do argumento pífio e pedestre de que não existem vagas nos presídios.
Quem destruiu uma ala do Presídio Central, para "legitimar" esse argumento?
De que ParTido era e ainda é?
A quem isso, realmente, beneficia?
Isso sim é coisa de golPisTa.
Dr. Pedro Lagomarcino
OAB/RS 63.784

Anônimo disse...

VENDA-SE TUDO QUE FOR ESTATAL...
Corag, CEEE, PDRH, Cesa, BRDE, BAdesul, Banrisul, etc.

Sheila. disse...

Esse tal "Forum Brasileiro de Segurança Pública" é uma ONG esquerdista patrocinada pela Fundação Ford e Open Society, de George Soros....o mesmo que patrocinou a legalização da maconha no Uruguai e lucra com a comercialização da cannabis transgênica... Eles jamais irão irão dizer que a culpa da explosão da violência em nosso RS é desse desgraçado do Soros...

Anônimo disse...

Enquanto policial e professor se aposentarem com ridículos 25 anos de tempo de serviço não haverá segurança e educação neste país.

Anônimo disse...

Ufa, agora até me sinto mais seguro.
Achei que estava no Afeganistão.
Mas se um sociólogo diz que a segurança pública está falida me sinto mais confortável.
Isso até mesmo um cego vê e sabe.
Como disse do Dr. Logomarcino quem destruiu a catacumba (ops, presídio) central (ele não sabe mas foi o TARSO a mando do LULA).
Agora o problema está nas ruas, onde os ratos que foram desalojados vão ficar?
Sim os ratos (pequenos roedores)?
Mais uma chaga para a nossa querida Porto Alegre, agora terão que procurar abrigo nas cercanias 9tomara quer não invadam a OAB).