Entenda como o Paraguai abortou a trama de chavistas dilmistas na reunião da Unasul

A intenção do secretário que o Conselho de Chanceleres da UNASUL fizesse um pronunciamento oficial a respeito da situação brasileira ao final da reunião, em Quito, foi bloqueado pela delegação do Paraguai. Ao lado, à esquerda, Marco Aurélio Top Top Garcia.

A situação no Equador, atingido por um forte terremoto há uma semana, e o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff centraram as discussões dos chanceleres da União de Nações Sul-Americanas (UNASUL) neste sábado, em Quito, Equador. No sábado mesmo, o editor informou aqui que fracassaram as tentativas do governo brasileiro e seus aliados, que queriam que a UNASUL tirasse posição de ameaça aos Poderes Legislativo e Judiciário do Brasil, acusados de tramar "golpe" contra Dilma.

O blog Defesa@net, de Porto Alegre, traz mais os detalhes a seguir sobre a reunião, entre elas a informação de que o assessor internacional de Dilma, Marco Aurélio Garcia, abalou-se desde Nova Iorque para participar do encontro. Leia:


O atual governo usa a UNASUL conduzida pelo colombiano Ernesto Sámper, alinhado ao castrochavismo e reforçado pela presidência temporária da Venezuela, como palanque diplomático para desenvolver a tese de golpe, como argumento contrário ao impeachment da Presidente Dilma Rousseff. Para isto o castrochavista Ernesto Sámper cumpre o seu papel:

 "Vemos que o julgamento da presidente (Dilma Rousseff) está avançando rapidamente, sem que exista, a nosso ver, nenhuma prova" que determine sua culpabilidade, disse Ernesto Samper ao advertir que sua eventual saída do poder seria uma questão preocupante para toda a região. Segundo ele, o Brasil está em uma espécie de "UTI da Unasul", por isso o diálogo de chanceleres para buscar estratégias de apoio à democracia brasileira.  "Esperamos que os atores (políticos no Brasil) reiterem seu compromisso com a democracia e que a presidente Rousseff possa sair bem deste impasse", ressaltou Samper

Na reunião de Quito participaram cinco chanceleres, quatro vice-chanceleres e três secretários de Relações Exteriores. A UNASUL é integrada por Argentina, Brasil, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela.

11 comentários:

Emmanuel Carlos disse...

Eu acho que a UNASUL está certa e deveria expulsar o Brasil do seu meio.
É isso aí: VAMOS DEFENDER COM ARMAS O DIREITO DA UNASUL NOS EXPULSAR DO SEU MEIO ...

Anônimo disse...

A Venezuela querendo discutir legitimidade constitucional e política externa é piada pronta mesmo.

Anônimo disse...

Polibio, uma gastança desnecessária de tempo e dinheiro para não solucionar nada de nada. Ainda mais com imbecis que fazem a cabeça da mandiocona, esse "gaúcho altamente politizado" do toptopgarcia, que ficam soprando bobagens naquela cabeça cheia de ventos!
Profª Sonia

Anônimo disse...

Valeu, Paraguai!!!!!!

Anônimo disse...

Porra Paraguai deixa o pessoal tirar o Brasil da Unasul, se possível de forma definitiva. Ou será que vocês estão com vingança por causa do assunto de inclusão da Venezuela? Ajudem o Brasil!

Anônimo disse...

Esse cara não deve ter ouvido nenhum discurso dela, logo não sabe o que está dizendo.

Anônimo disse...

Como é bonito ver o Top top levar bolada nas costas dos paraguaios.....até os paraguaios ensinando aos brasileiros lições de civilidade !!!! Só o Wihsky continua falsifcado...

Anônimo disse...

O NOVO PRESIDENTE MICHEL TEMER DEVE SAIR DESTA ORGANIZAÇÃO TERRORISTA CHAMADA UNASUL.
TEM QUE SE ALIAR AOS PAÍSES DESENVOLVIDOS DA EUROPA E COM OS ESTADOS UNIDOS, O RESTO É LIXO COMUNISTA.

Anônimo disse...

Vamos aproveitar para cair fora " JÁ ". O Brasil é auto-suficiente para tocar sozinho. Presidente Temer, aproveita para dar andamento nessa questão. O Brasil é muito importante na esfera internacional, temos que nos unir com a Europa, Estados Unidos, com países desenvolvidos e começar escolher melhor nossos parceiros comerciais. Precisamos sair dessa crise, tomando medidas urgentes e trazendo inclusive de volta nosso Brasão da República Federativa do Brasil que foi substituido pelo do mercosul no passaporte.

Anônimo disse...

ATÉ O PARAGUAI DANDO "CHAPÉU" NO BRASIL...OU SERIA "LAMBRETA"²

CHAPÉU DO PARAGUAI...

ATÉ ONDE OS PETRALHAS NOS DESGRAÇARAM...

UM DIA DA CAÇA, OUTRO DO CAÇADOR

LULA BATEU, AGORA LEVOU.

SERIA UMA DISTINÇÃO SERMOS EXPULSOS DO MERCOSUL

SAIBAM,O PARAGUAI SELECIONA PARCEIROS, NÃO SE MISTURA, E COLOCOU OS LADRÕES BRASILEIROS NOS DEVIDOS LUGARES, INCLUSIVE A MARIA LOUCA DO PARANÁ.

Anônimo disse...

Tudo isso que ai está, amigos, toda essa vergonha que passamos aos olhos do exterior e toda essa tragédia que vemos em nossas terras é culpa NOSSA, que deixamos essa cambada de comunistas, esses piohos, tomarem conta do governo. Bem feito. Espero que tenhamos aprendido a lição e que o Brasil queira imitar os EUA, Canadá e qualquer país do primeiro mundo, ao invés de querer ser uma Bolívia ou Venezuela. Que coisa triste.