No dia das primeiras condenações dos bandidos do Mensalão, advogados somem da mídia e do STF

* Clipping Lauro Jardim, www.veja.com.br

Os advogados do mensalão, que após cada sessão faziam questão de sair pela porta da frente do STF, onde concediam longas entrevistas às emissoras de televisão, rádios e jornais, hoje, desapareceram.

A maioria optou por sair pela entrada lateral do plenário, a qual os jornalistas não têm acesso.
Ninguém quis falar sobre a onda de condenações que começa a se formar no STF.

8 comentários:

Anônimo disse...

Os pavões de toga, assim como seus principais clientes, só gostam de aparecer nas horas boas, acima de tudo por serem extremamente covardes.

Anônimo disse...

Estou contando quantas vezes o famoso recorta-cola Políbio Braga (não por nada trabalhou no Jornal O Sul) cita a Veja ao longo de um mês. No final do mês vou divulgar o número. Também contei quantos e quais livros ele apontou ao longo do ano. Sim, um jornalista que reclama, reclama do Lula porque o ex-presidente pretensamente não lê. Mas sendo jornalista, tudo o que ele mesmo lê é a Veja. Preocupante. A gente vê que certa classe média que se diz culta é culta exatamente no sentido oposto à sua pretensão vazia.

Justiniano disse...

Os petralhas estão apavorados e com o fiofió na estaca porque começou a cair a máscara dos petralhas do mensalão. Só falta colocar no banco dos réus o chefe maior da quadrilha, juridicamente denominado de "PATETA"

Essa nem o Lula acreditava, mas pagou e certamente será o maior mico desse ex-presidente em dizer que nunca houve mensalão.

Esse Lula acredito ser pior que o Jânio Quadros que era alcoolátra, mas tinha cultura, Lula como não tem cultura tem que encher a cara de 51!!!!

Anônimo disse...

Se os Senhores Ministros seguirem essa linha de raciocínio a fila é grande: pela interpretação da dupla Weber e Fux podem ir preparando o pijama e a escova de dentes Azeredo, FHC, Serra, Malan, Pérsio Arida, Mendonça de Barros, Clóvis Carvalho, Eduardo Jorge, Paulo Renato, Barjas Negri, Gilmar Mendes, Tourinho, todo o DEM......

Anônimo disse...

Legal a grande midia está fissurada no mensalão, pois enquanto isso o CPI do Cachoeira vai de vento em popa, DEMOstenes já foi cassado e deu para descobrir provas que Cacheira financiu sua campanha eleitoral para Senador e os Promotores de Goias entraram com uma Representação contra ele no CNJ.

E ainda nessa semana falam na CPI o PAGOT e o PP (paulo preto), segundo consta tem candidato a Prefeito que não dorme.

Anônimo disse...

O anonimo das 09:41 certamente eh um dos poucos leitores do Carta Capital...

Anônimo disse...


Não sumiram. Estão estudando e redigindo os recursos, cara pálida !

Houve absolvição e, portanto, divergëncia aberta na votação.

Esse julgamento vai mais longe que as notícias tem dado.

Pena ... cadeia ... então, ah aha ha !!!

Sextas-básicas !!

Felipe Lima disse...

O Petralha das 9:41 deve ler só folheto de sindicato... Cara, não gosta do que o Políbio escreve ?? Não lê mais, simples assim !
Ademais, a Veja é a única publicação que não se dobra ao PT, é por isto que vocês odeiam ela, pois a mesma descobre as falcatruas e vocês correm o risco de perder a boquinha, né "corajoso" anônimo ?