Diretor gaúcho e petista do Dnit libera R$ 30 milhões para prefeito petista construir 599 casas em Canoas

* Petista gaúcho, diretor do Dnit, Hideraldo Caron, assina convênio de R$ 30 milhões com prefeito do PT de Canoas, Jairo Jorge, contrariando pareceres da Adovacia Geral da União.
* Dinheiro de estradas do Dnit vai para construir 599 casas em Canoas.
* Procuradores apontam desvio de função, aditivos espertos, falta de amparo legal e falta de previsão orçamentária.


Clipping de reportagem da Agência Estado
Contrariando dois pareceres da Advocacia-Geral da União (AGU), o diretor de Infraestrutura Rodoviária do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Hideraldo Caron, orientou a aprovação de um contrato de R$ 30 milhões com a prefeitura de Canoas (RS), comandada pelo prefeito Jairo Jorge, do PT. O convênio foi assinado em janeiro de 2010 e até agora não saiu do papel.

O dinheiro do contrato, celebrado em 2010 pelo prazo de dois anos, não é para melhoria de estradas. É destinado à construção de 599 unidades habitacionais para 2 mil sem-terra que ocupam a chamada "Vila do Dique", um terreno próximo à construção da BR-448, obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) que liga Porto Alegre a outras cidades gaúchas.

CLIQUE AQUI para ler a reportagem completa.
CLIQUE AQUI, também, para ver e ouvir Nivaldo Cordeiro falar sobre a corrupção no ministério dos Transportes.

7 comentários:

Mário disse...

É minha gente, este é o Partido HONESTO, e aos poucos as conversas moles do JJ de Canoas esta vindo a tona, a SAUDE esta um caos, habitação nem sa fala, não existe, para propaganda e alardeio de obras é o que mais tem.
Resultado mesmo só reforma do prédio da prefeitura e jardins em rotatórias nas ruas de canoas.
O JJ não fez nada na Ulbra, só arrecadou dim-dim para campanha eleitoral, na prefeitura a mesma coisa.
É muita espuma e pouco liquido, resultado : só agitação.

Anônimo disse...

Esse Jairo Jorge é o nosso futuro "Paloffi", bem articulado, simpático, e na surdina vai encaixando todas.

Paulo Rocha

SERGIO OLIVEIRA disse...

Se o prefeito não fosse do PT teria havido a liberação?
Se a liberação tivesse sido feita por governo que não do PT, os pestistas estariam criticando.
Se o PT faz é correto. Se não for o PT está errado, mesmo que seja algo igual.

Anônimo disse...

A ilegalidade dos convênios é mero detalhe. Na essência o que intere$$a são os 30% "não contabilizados" que entrarão no bol$o$ da cumpanherada.
Quem chafurda na mutreta, na maracutaia, nos sofismas e nos factóides vai lá dar bola prá legalidade de alguma coisa????
LV

Anônimo disse...

Quando é que essa "gente" vai começar a ser presa?

Kafka disse...

Jairo Jorge, Paulo Pimenta, Marco Maia, Henrique Fontana, Maria do Rosário... Todos estes e outros estão pagando suas campanhas e contas com o tal ministério. Só as empresas de publicidades destes ganham em empresas públicas (TRENSURB) as licitações. Só os amigos deles "prestam" serviços... Um dia quando a moral e a ética fazer parte da política nacional e política for trabalhada para o bem comum eles pagaram a conta. Depois que nossas instituições de combate a corrupção e fiscalização do dinheiro público fizer um trabalho conforme a lei e pararem com os conchavos políticos teremos u Brasil melhor. Andes disso só escândalos e mais escândalos.

Anônimo disse...

proveito o único espaço democrático para perguntar quantos milhões foram gastos nas placas de identificação das ruas de Canoas que hoje estão soltando os plásticos com os nomes das ruas impedindo a identicação das mesmas. É uma vergonha a administração do PT em Canoas, aliás no pais inteiro e isto que eu sempre fui PT, infelizmente me enganaram como a muitos. PT nunca mais.