Pedágio poderá custear dragagem do porto de Rio Grande

O governo estadual gaúcho não sabe quando chegará a verba necessária para o início da dragagem de Rio Grande.

O porto ameaça assorear por completo, impedindo embarques e desembarques de cargas.

O dinheiro, que é federal, não tem data para chegar.

Se não vier dinheiro, a administração estadual poderá cobrar pedágio para custear a dragagem do porto e das vias navegáveis que demandam até ele.