TRF4 reafirma condenação de Zelada, ex-diretor da Petrobrás

Três diretores que o PT enfiou na Petrobrás para transformá-la num covil de ladrões. Pela ordem: Renato Duque, Paulo Roberto Costa e Jorge Zelada. Um quarto, Nestor Cerveró, não está na foto.

A 4ª Seção do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou os embargos infringentes do ex-diretor da Petrobras Jorge Luiz Zelada, que teve a condenação nos autos da Operação Lava Jato confirmada pela corte em agosto do ano passado. Dessa forma, a pena segue em 15 anos, 3 meses e 20 dias de reclusão. 

Zelada está preso no Complexo Médico Penal, em Curitiba. CLIQUE AQUI para saber quem é Jorge Zelada, diretor da Área Internacional da Petrobrás. Ele substituiu Nestor Cerveró e continuou roubando para o PT, seus aliados e para si mesmo.

Zelada foi condenado pela 8ª Turma pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e evasão de divisas. 

CLIQUE AQUI para conhecer detalhes do julgamento

3 comentários:

Anônimo disse...

quadrilheiros do inferno malditos aliados do luladrao

Anônimo disse...

E há quem acha que é perseguição a Lula. Tanta condenados e a esquerda não diz nada mas como pegaram o chefe é perseguição...tem graça..

Anônimo disse...

E há quem acha que é perseguição a Lula. Tanta condenados e a esquerda não diz nada mas como pegaram o chefe é perseguição...tem graça..