PF abre 37 inquéritos para investigar locaute de transportadoras de cargas

A Polícia Federal já abriu 37 inquéritos para investigar as grandes empresas de transportes de cargas que aderiram, lideraram ou insuflaram a paralisação dos caminhoneiros.

A ordem é prender os principais líderes empresariais da área.

O governo, por outro lado, anunciou que aplicará multas de R$ 100 mil por cada hora que caminhões das transportadoras permanecerem parados.