Arrecadação federal superou as expectativas ao subir 4,5% em outubro

A arrecadação atingiu R$ 121,1 bilhões em outubro, uma alta real de 4,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. Esse resultado superou a mediana das projeções do mercado, de receitas de R$ 116,3 bilhões. 

No ano, as receitas caíram 0,8% em termos reais. 

Em outubro, a arrecadação foi favorecida pelas receitas do programa de regularização tributária (RERCT) e pelo leilão de concessão de hidrelétricas. 

A recuperação da atividade, que está ganhando tração nos últimos meses, deve manter a arrecadação federal em recuperação. 

No ano, o mercado projeta déficit primário de R$ 159 bilhões – equivalente à meta fiscal do governo.

7 comentários:

Unknown disse...

Oba... a farra pode continuar!!!

Anônimo disse...

Sem a correção da tabela do IR à tendência é aumentar . Hoje quem recebe 2 salários mínimos já tem descontos de IR. Desde 1998 a tabela do IR não é corrigida com raras exceções de 2 ou 3 anos.A tabela deve estar mais de 80% defesada.

Anônimo disse...

Referendo pela Restauração da Monarquia Parlamentarista no Brasil:

É possível opinar enquanto a matéria tramita no Senado. Se você também apoia essa ideia, vote sim e ajude a divulgar essa consulta pública.

https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaomateria?id=129306

Unknown disse...

A não correção da Tabela do IR Sobre Salários é uma vergonha e mais... é confisco(roubo) de salário!!!
Só Chapolin Colorado poderá nos salvar!!!
Nossas instituições não funcionam... do contrário, tal confisco seria inadmissível!!!

Anônimo disse...

Devolve o Brasil para o Imperio de Portugal, pagávamos 20% de impostos e mesmo assim ouve a derrama, daí a frase "os quintos do inferno"

Anônimo disse...

Para alegria dos larápios do PMDB, 5 bilhões a mais....

Anônimo disse...

Sim, a gasolina cada vez mais cara. tem que pagar salário e 13o do funcionalismo!