Temer quer aprovar Reforma Política e Reforma da Previdência até fim de outubro

Em longa entrevista de duas páginas ao jornal o Estado de S.Paulo, o presidente Michel Temer avisou que vai retomar o rumo das reformas.

Eis o que o editor pinçou sobre a cronologia de cada uma delas:

1a - Reforma Política. Terá que estar aprovada até final de setembro, já que a legislação exige que isto aconteça um ano antes do novo pleito.
2a.- Reforma da Previdência, com base em dois pilares insubstituíveis: 1) Aumento da idade para aposentadoria (65 anos para homens e 62 para mulheres). 2) Fim, dos privilégios (igualar prazos e valores para aposentados do setor público e do setor privado). Temer acha que até outubro ela será aprovada também na Câmara.
3a.- Reforma Tributária. O prazo para aprovação não foi dado por Temer.

CLIQUE AQUI para ler toda a entrevista de duas páginas, que não se resume às questões escolhidas pelo editor e é bastante esclarecedora sobre o que aconteceu na Câmara e ocorrerá na economia (o presidente não faz projeções na área política).

8 comentários:

Anônimo disse...

Será que ainda tem grana para comprar deputados ?
O Perondi deve saber.

Alberto disse...

Povão pagando a conta das roubalheiras, mais uma vez...

Anônimo disse...

Se tiver mais grana para comprar os dePUTAdos ainda não alinhados poderá ser, quiçá, presidente do mundo! Não há nada que o dinheiro usurpados dos nossos bolsos não possa comprar, principalmente as "consciências e mentes" de dePUTAdos brasileiros!

Anônimo disse...



sempre alerta diz:

REFORMA POLÍTICA = MAIS 3 BILHÕES DE REAIS SERÃO ACRESCIDOS, ALÉM DO Q JÁ RECEBEM, PARA O FUNDO PARTIDÁRIO DE TODOS OS PARTIDOS.

SE COBRASSEM AS SONEGAÇÕES DO INSS, E A CORRUPÇÃO, PODÍAMOS TERMINAR COM AS MORADIAS DE FAVELAS, SEGURANÇA, SAÚDE E EDUCAÇÃO, ETC.ETC...

JAIR MESSIAS BOLSONARO É A ESPERANÇA.

SAÚDE E PAZ A TODOS.

















Anônimo disse...

SE QUEREM VOTO EM LISTA que seja JUNTO com PARLAMENTARISMO!
As porcarias contidas nas listas tem que ser responsabilizadas.

Isto é possível, sendo PRESIDENTE como PODER MODERADOR tão somente, EXECUTIVO e LEGISLATIVO sob responsabilidade do Congresso.

NECESSÁRIO TAMBÉM o VOTO DISTRITAL para ser implantado no curso de quatro anos, até 2022.PORTANTO, VOTO EM LISTA SÓ PARA 2018.

Anônimo disse...

Temeroso vice da bandilma tem que colocar na cabeca q a reforma q o povo quer é corte dos salarios dos politicos corte da granaiada q eles recebem pra moradia telefone passagens eles q paguem do bolso como fazem todos trabalhadores esta é a reforma q queremos alem de cortar tambem esta penca d partidos chega d tantos partidos um bando d vadios e ladroes q nada fazem apenas mamam no fundo partidario vivem viajando pelo pais e vao ate p varios paises tudo pago por nos...cambada d ladroes sem moral tem q cortar os assessores 2 assessores ra otimo tem q cortar seguranças motoristas chega d regalia

Anônimo disse...

Entao porque lula e dilma nao fizeram isso nos treze anos que estiveram no poder????? Demagogia sua....

Anônimo disse...

Tu se refere ao mensalao do lula?