Análise, Geraldo Samor, Brazil Journal- A pinguela resiste

De uma semana pra cá, nos bancos da Faria Lima e nos bancos do metrô, toda conversa inteligente inclui a pergunta: “o que vai acontecer com o Brasil?”

O sentimento entre os agentes do mercado financeiro é desânimo. Justo quando a recuperação econômica começava a ganhar velocidade, quando o Governo finalmente parecia ter os votos para as reformas trabalhista e da Previdência, justo quando a grande nuvem negra do caos pós-Dilma parecia estar se levantando, a delação bovina ameaça mandar, de novo, a vaca pro brejo.

Mas há razões para otimismo em meio à incerteza — ainda que, para persuadir os senhores deputados, talvez ainda seja necessário o dólar a R$ 4.  O descontrole cambial temporário é uma espécie de ‘panic button’ nos rituais sadomasoquistas da política brasileira.  Nunca falha.


Nos dois cenários abaixo, o resultado é positivo para a economia.

CLIQUE AQUI paras ler mais.