Confiança do consumidor segue em alta em fevereiro

Mas a confiança da construção civil mostrou ligeira queda neste mês.


O índice de confiança do consumidor atingiu 81,8 pontos em fevereiro, chegando ao maior patamar desde dezembro de 2014, segundo a Sondagem do Consumidor divulgada há pouco pela FGV. Com isso, o indicador apresentou nova alta na margem, ao avançar 2,5 pontos em relação ao mês passado. O movimento refletiu as elevações de 2,2 e de 2,5 pontos dos índices que mensuram a situação atual e as expectativas, respectivamente. Ao longo dos próximos meses, a desaceleração da inflação e a redução da taxa de juros deverão contribuir para continuidade da melhora da confiança do consumidor. Em contrapartida, o índice de confiança da construção alcançou 74,4 pontos em fevereiro, o equivalente a uma ligeira queda de 0,1 ponto ante janeiro, de acordo com a Sondagem da 

Construção - Também divulgada há pouco pela FGV. O resultado foi explicado pela queda de 2,3 pontos do indicador de situação corrente, ao passo que o índice de expectativas subiu 2,1 pontos no período. Esses dados seguem, assim, apontando para retomada gradual da atividade econômica nos próximos meses. 

5 comentários:

Anônimo disse...

QUEREM É FAZER O POVO CRER NISSO, MAS NÃO O É.

Anônimo disse...

Polibio, você hilário como sempre.
Muito espirituoso.

Anônimo disse...

Construção afunda e prova que Meirelles mente ao dizer que recessão acabou:

22/02/2017 - Brasil 247

Fundação Getúlio Vargas (FGV) divulgou nesta quarta-feira, 22, que a confiança da construção do Brasil caiu em fevereiro diante da percepção de piora da situação atual, após atingir o patamar mais alto desde meados de 2015 em janeiro; com queda de 0,1 ponto, o Índice de Confiança da Construção (ICST) do Brasil foi 74,4 pontos em fevereiro...

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Em Marte já tão consumindo ?