Darcísio Perondi denuncia o governo Dilma: "Correu propina para preterir a Unijuí e escolher a Estádio de Sá"

CLIQUE AQUI para entender toda a questão e ouvir o áudio da entrevista do deputado. -

O deputado Darcísio Perondi, PMDB do RS, denunciou corrupção no processo pelo qual o MEC escolheu a Universidade Estácio de Sá para autorizar a implementação de um curso de medicina em Ijuí.

No RS, apenas três cidades foram contempladas, mas em Ijuí foi preterida a Unijuí, 58 anos, 8 mil alunos, uma universidade comunitária, beneficiando uma universidade privada que nem tem negócios na cidade.

Eis o que disse o deputado ao programa Tribuna Popular, Rádio Província, Tenente Portela, RS

-  Não tenho dúvida que houve propina. Os técnicos receberampropina. É um absurdo. É como querer colocar Ijuí na China, não tem o menor cabimento, a Estácio de Sá, não tem a mínima estrutura, identidade ou condições de sair do Rio de Janeiro para implantar o curso em Ijuí, mais uma vez, tenho certeza houve dinheiro sujo por trás.

O deputado ainda afirmou que junto com outros parlamentares cobrará explicações do Ministério da Educação sobre qual o critério usado para deixar de fora uma instituição que já tem estrutura e que poderia implantar o curso imediatamente para dar a oferta da graduação para uma universidade que nem tem sede no município


14 comentários:

Anônimo disse...

De que adianta a competência se o que vale no governo das esquerdas é a propina????

Anônimo disse...

Polibio, vai pra cima que tem linguiça debaixo desse pirão. Não há argumento técnico pra vetar Unijui e Unisinos. O critério foi "não tecnico" certamente....

Anônimo disse...

O QUÊ PESSOAL DO MEC GANHOU PROPINA PARA ESCOLHA DAS FACULDADES QUE PODERÃO TER MEDICINA ?? ESCANCAROU-SE (DE NOVO) AS PROPINAS PETRALHAS.

POLÍCIA FEDERAL NELLES.

QUE FAÇAM UMA DEVASA FISCAL/CONTÁBIL ÚLTIMOS ANOS NESTAS FACULDADES E SUAS MANTENEDORAS QUE DEVERÃO ENCONTRAR MUITA COISA.

APESAR QUE DEVEM TER ATÉ SISTEMA "PARALELO" DE ARQUIVOS.

Anônimo disse...

Em tudo o que o PT faz tem propina, ou no mínimo um toma lá dá cá!

Anônimo disse...

Do Portal UOL

Lobão se afunda vertiginosamente ao trocar música por desrespeito

Marcelo Moreira

É triste quando um artista parte para irrelevância de forma deliberada, planejada. Só isso pode explicar o vertiginoso mergulho da carreira de Lobão para o fundo do poço. Sua apresentação solo, sozinho no palco, ontem em São Paulo, explicitou sua decadência de forma contundente, ao abandonar a arte e partir para o show de stand up, contando piadas sem graça e abusando dos palavrões contra o PT e a presidente Dilma Rousseff.

Transformado em cronista pela revista Veja, decidiu trocar sua prosa inteligente e sua versatilidade intelectual pelo ranço moralista e ideológico, buscando argumentos sofríveis e de pouco apelo numa tentativa de se tornar uma “voz política e de engajamento'' em um meio artístico supostamente “bovino'' e “apalermado''. Consegue apenas ficar falando sozinho dentro de sua classe e para uma plateia que ocupou apenas metade do teatro onde tocou.

CLIQUE AQUI E LEIA O TEXTO DO UOL COM O RELATO DO SHOW DE SÁBADO QUE LOBÃO FEZ EM SÃO PAULO.

O cantor e guitarrista perdeu uma de suas boas qualidades como roqueiro iconoclasta: a sátira contundente, ainda que de mau gosto em algumas vezes. Era mestre em encontrar tiradas bem interessantes sobre vários assuntos – e com isso ridicularizou vários colegas artistas e deixou sem fala políticos e adversários.

Lobão se mudou para São Paulo anos atrás e partiu para o ataque sem fazer questão de pensar no que diz. Sempre se achou revolucionário e sagaz, capaz de mobilizar multidões com sua prosa antes refinada e irônica e com versos incendiários de rara sensibilidade.

De forma bisonha e triste, conseguiu mostrar a todos que perdeu o bom senso e a dignidade, ao julgar pelas “pérolas'' que perpetrou contra a presidente da República. Está desesperadamente tentando transformar desrespeito em argumento.

Gostar ou não gostar do PT e da presidente Dilma é um direito – ambos jamais estiveram livres das críticas, muito pelo contrário. No entanto, querer transformar o ódio biliar e figadal em “dever'' não somente é de mau gosto como de baixo nível, revelando despreparo, intolerância e, no fundo, desespero diante de certa irrelevância artística na atualidade....

Anônimo disse...

ONDE NÃO CORREU PROPINA E ONDE NÃO CORRE PROPINA PARA OS LADRÕES DO PT? ME DIZ UMA QUE NÃO...OS ARAUTOS DA HONESTIDADE QUANDO PEGARAM O PODER,MOSTRARAM A VERDADEIRA FACE.

Anônimo disse...

Políbio,

E a BESTA do Darcísio dando todos os votinhos para a Dillma.

Aprende, seu deputado burro, aprende a confiar num PT!!

JulioK

Anônimo disse...

grande novidade a medicina da ulbra tinha toda bancada na gaveta e ninguem chiuo

Anônimo disse...

Se dependesse do Deputado Perondi, do PMDB não vinha um curso seque para o RS, o Dep vota sempre contra o governo, dá pau no governo 24 hs por dia. Mesmo assim o RS foi contemplado com mais três cursos de medicina, os outros cursos tem de ser distribuídos com os demais estados do federação.

Anônimo disse...

o perondi não tem nada que reclamar, quem se mistura com os bandidos do pt, amigos de bandidos di menor e vota pelo não no caso da menoridade penal, não tem moral para cobrar nada do governo ladrão do pt

que vá reclamar com o bispo, aliás com a cnbb ou com esse papa comunista, amigo de ditadores e cocaleiros

primeiro que vá criar vergonha na cara e mudar o voto, ele o osmar terra, o fogaça, pompeu, lasier e outros

depois disso vão ter o respeito dos 94% da sociedade que quer ver bandidos na cadeia e não soltos por ai

ou se alinham com a sociedade ou que voltem para casa, ou melhor que fiquem juntos com os bandidos do governo do pt

Anônimo disse...

Será que eles só pensam naquilo?

Anônimo disse...

Perondi, sabes de onde é o reitor da Estácio de Sá? Da república de Santa Maria, ligado ao Tarso Genro. Chega ou quer mais?

Anônimo disse...

O Perondi ai ganhar o troféu BOCA ABERTA, ou melhor, já é dele.

Anônimo disse...

Perondi chamava os professores da Unijui de marajá a alguns anos atrás e agora fica fazendo média na mídia.