Greve abre o dia com paralisação parcial do setor público. País real já trabalha normalmente.

Os grevistas liderados por centrais sindicais como CUT e UGT tentam asfixiar o trânsito de Porto Alegre neste momento, 8h09min, porque além de bloqueio violento sobre a ponte do Guaíba, no início da manhã,  também são fortes as tentativas de paralisar completamente os serviços de ônibus e dos trens.

CUT e UGT são aparelhos sindicais do PT e apóiam o governo.

O Dia Nacional de Paralisação quer promover greve geral no País. Tudo contra a aprovação da lei da terceirização, cujo texto básico foi aprovado pela Câmara (leia nota abaixo).

A greve parece ter mais sucesso apenas no setor público, já que os empregados da área possuem garantia de emprego, não costumam sofrer desconto de salário e são tratados com benignidade por seus chefes, também funcionários ou agentes políticos públicos.

O setor privado, produtivo, que trabalha e que pagará a conta da greve, é afetado indiretamente, mas não vai parar.

Os brasileiros, portoalegrenses em particulasr, devem estar atentos com paralisações em áreas vitais como transporte público, escolas, bancos, universidades, hospitais, previdência e postos de saúde. Em Porto Alegre, os hospitais públicos anunciaram que não pararão. É o caso do Grupo Hospitalar Conceição, estatal federal, o maior do Estado. 

3 comentários:

Anônimo disse...

Nestes 12 anos de dinastia petista, o empresariado "deitou e rolou" com o dinheiro fácil e subsidiado do BNDES ( que custa R$ 25 BILHÕES por ano para o contribuinte ), e, além disso, contou com o apoio da CUT e de todos os aparelhos sindicais ligados ao PT, pois não houve mais greves e piquetes em portas de fábricas.

Agora que o partido está embretado, o empresariado aproveita e "aumenta" o valor da fatura. Para continuar apoiando o PT, o empresariado tupiniquim quer agora a terceirização, que vai ser aprovada de qualquer jeito no Congresso, caso contrário, o empresariado para de fazer doações de campanha para quem for contra a proposta.

Para o PT não ficar "mal" na foto com o seu eleitorado, ficam fazendo esse "joguinho" de que são contra a lei, mas é pura cortina de fumaça ... Se as esquerdas são contra a terceirização, isso é óbvio que favorece ao país !!!

Anônimo disse...

OS DOIS MUNDOS:
-SERVIDOR PUBLICO: 1ª CLASSE
-INICIATIVA PRIVADA: 2ª CLASSE

QUEM É CONTRA AS TERCEIRIZAÇÕES:
-OS SERVIDORES PÚBLICOS QUE AO INVÉS DE TER MAIS E MAIS CONCURSOS, CONTRATA-SE TERCEIRIZADOS, SIMPLES, MAIS BARATO E EFICIENTE.
-OS SINDICATOS, QUE PODEM REDUZIR SUA INFLUENCIA E ARRECADAÇÃO DA TAXA SINDICAL.

OS PROFISSIONAIS DA INICIATIVA PRIVADA JÁ TRABALHA A MUITO COMO TERCEIRIZADOS, E FELIZES....

O RESTANTE É PAPO FURADO....

Antonio...

NEWTON disse...

SE A CUT E O CEPERGS SÃO CONTRA, SEM PESTANEJAR E CONVICTO, EU SOU A FAVOR.