Sob desculpa de ter sido "maltratada" por Aécio, Dilma poderá fugir dos debates da Record e da Globo

Tão frágeis, tão femininas, tão chorosas ! Segundo comerciais da campanha da petista, as duas "mulherzinhas" foram maltratadas pelo "grosseirão" Aécio. Dilma nem parece lembrar a figura do "coração selvagem", companheira de armas de Dirceu, como Luciana nem parce lembrar a troglodita que invadiu a pau e pedra o plenário da Assembléia do RS. Na outra foto, Aécio beija a mão de Marina, sexta, SP. 

São fortes as indicações de que Dilma Roussef não só quer evitar o debate da Globo, meio da
semana, como já teria decidido cancelar sua ida ao debate desta noite na Record, alegando que foi maltratada por Aécio.

. A petista não conseguiu suportar o último debate no SBT, sentiu-se mal, teve que ser socorrida e perdeu o eixo.

. Foi uma derrota fragorosa e histórica.

. Derrotas tão flagrantes em debates do gênero são raras. A mais famosa delas foi de Nixon frente a John Kennedy. 


. O PT tenta desde sexta-feira vitimizar a candidata, apresentando vídeos com trechos escolhidos dos debates em que Aécio duela com Luciana e Dilma, dedo em riste, como prova de que ele não é “gentil” com as mulheres.

. Ao permitir o uso da sua imagem, Luciana tira a máscara e revela-se como linha auxiliar do PT. 

29 comentários:

Anônimo disse...

Marina levou ferro por tentar se fazer de vítima. Será que nem isso consegue perceber?

jaco do morro belo disse...

Taca-lhe pau Aécio, continue a mostrar para o Brasil as obras não feitas que o governo Dilma garganteia estarem concluídas.
Se ela não vier para debate que o Lula para levar também um estocadas.

Anônimo disse...

Essas duas políticas agressivas envergonham as mulheres trabalhadoras por sua fraqueza intelectual e pelo fingimento.

Anônimo disse...

Essas duas políticas agressivas envergonham as mulheres trabalhadoras por sua fraqueza intelectual e pelo fingimento.

Anônimo disse...

A Dilma e a Luciana representam a "mentalidade esquerdista de Porto Alegre", falsas que usam "o povo" como escudo na defesa de suas sandices.

Anônimo disse...

A Dilma e a Luciana representam a "mentalidade esquerdista de Porto Alegre", falsas que usam "o povo" como escudo na defesa de suas sandices.

Anônimo disse...

Vale tudo para ganhar o Poder. Candidata até ontem era mulher valente. Na reta final de o eleitor manifestar o voto, mostra-se frágil e vítima.
- Dilma, você é uma vergonha e não representa as mulheres trabalhadores deste País.
Dilma chamou Marina de mulher fraca e disse que o Brasil não poderia ser governado por uma pessoa tão frágil. Agora, dá um golpe de mulher submissa e frágil. Até parece. Dilma é uma mulher grosseira e agressiva. Homens que convivem com Dilma têm até medo físico de suas reações.

Anônimo disse...

Dilma tentou mostrar o que não é, pois não é competente, é uma péssima administradora, vive cercada de corruptos e espertalhões, e ainda é muito ruim de microfone, aliás é neste último item que ela se diferencia de Luís Inácio da Silva, vulgo Lula, o qual é craque no palavrório, pois transforma qualquer papo de estelionatário do golpe do bilhete em coisa de amador!

CaioB disse...

CHEGA DE INTERMEDIÁRIOS!
JOÃO SANTANA PARA PRESIDENTE.

Anônimo disse...

Os marqueteiros resolveram mudar de estratégia, pois essa imbecil que assim como o seu partido, tem o telhado de vidro devido às milhares de roubalheiras e mentiras praticadas, cada dia aparece uma novidade, desde o início atacou o Aécio, porque não tem nada para mostrar do seu governo, e a arrogância dessa senhora não a deixou de querer bancar a durona, mas agora que apanhou bastante, ela vem dar uma de coitadinha e se fazer de vítima, mas o Aécio não disse nem 1% da podridão que foi esses 12 anos de petralhas no poder!

Anônimo disse...


Links para esta postagem




PREFEITURA DE BELO HORIZONTE TAMBÉM EMPREGOU EX-MARIDO DA DILMA, O EX- TERRORISTA CLÁUDIO GALENO LINHARES.





Cláudio, o ex da Dilma.

Além do irmão Igor Rousseff, o ex-marido da presidente Dilma Rousseff (PT) Cláudio Galeno de Magalhães Linhares integrou o quadro da Prefeitura de Belo Horizonte como funcionário comissionado. Ele exerceu cargo de confiança por cinco anos durante a administração do petista Fernando Pimentel (PT), recém-eleito governador de Minas, e de seu sucessor e então aliado Marcio Lacerda (PSB). Galeno atuou como consultor técnico especializado, nomeado para atuar diretamente no gabinete do prefeito, com salário que chega hoje a R$ 13.569,68.

A nomeação do ex-marido de Dilma ocorreu em maio de 2005. Quatro anos depois, em janeiro de 2009, quando o mandato de Pimentel se encerrou, ele foi exonerado do cargo. Galeno voltou à prefeitura em abril de 2009, já na administração do recém-eleito Lacerda, dessa vez como gerente de 1º nível da Gerência de Acompanhamento de Colegiados. O salário para esse cargo atualmente é de R$ 8.544,04.

Na gestão de Lacerda, que em seu primeiro mandato era apoiado pelo PT e pelo PSDB, Galeno integrou o Comitê Governamental de Gestão Participativa e também o Conselho Fiscal da Belotur, empresa municipal de turismo. Ele saiu da prefeitura em 5 de julho de 2010, data da publicação de sua exoneração no Diário Oficial do Município (DOM).

Dilma Rousseff, Cláudio Galeno e Fernando Pimentel, que foi também ministro de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior da presidente, eram amigos da época de juventude em Belo Horizonte. Na década de 1960, eles militavam no Comando de Libertação Nacional (Colina), organização de esquerda que combateu a ditadura militar.

Galeno e Dilma se casaram em 1967, em um cartório civil com a presença de familiares e poucos amigos. O casamento não durou mais de dois anos. Em 1969, os dois militantes, já na clandestinidade, fugiram da capital mineira para o Rio. Pouco depois, Galeno foi para o Rio Grande do Sul, a pedido do Colina, e Dilma continuou no Rio. O militante participou no ano seguinte de sequestro de avião em Montevidéu, Uruguai, e ficou refugiado em Cuba. Assim como Dilma, Galeno se casou novamente.

IRMÃO Mais velho dos irmãos, Igor Rousseff também esteve na Prefeitura de Belo Horizonte com cargo de confiança durante a gestão de Pimentel, fato questionado em debate presidencial do SBT/Alterosa, anteontem, pelo candidato à Presidência Aécio Neves (PSDB). Igor, que é advogado, foi nomeado assessor especial de Pimentel em setembro de 2003, pouco depois de o petista assumir a prefeitura, com a aposentadoria do então prefeito Célio de Castro. Em 1º de janeiro de 2005, ele foi exonerado da função.

Três meses depois, o irmão de Dilma, que na época era ministra da Casa Civil do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, voltou à prefeitura como assessor especial da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Informação. Ele exerceu o cargo por três anos e 10 meses, até 1º janeiro de 2009, quando se encerrou o mandato de Pimentel. Assim como Igor Rousseff, todos os servidores que não tinham cargos efetivos na estrutura da administração municipal foram exonerados. Do site do jornal Estado de Minas





Enviar por e-mail

BlogThis!

Compartilhar no Twitter

Compartilhar no Facebook

Compartilhar no Orkut

Compartilhar com o Pinterest



0 comentários Postado por Aluizio Amorim às 10/19/2014 02:25:00 AM
Links para esta postagem

Anônimo disse...

Não faça isso não, Dilma. Não fuja da raia pois o Aécio precisa fazer algumas perguntinhas sobre o Petrolão. Ele quer saber como e quando vocês irão devolver a grana desviada da Petrobrás.

Anônimo disse...

1aNÔNIMO
Trata-se de uma tática.
Se faz de fragilizada, abatida, derrotada.
Aécio baixa a guarda.
No último round Dilma vai para cima e pega Aécio despreparado, surpreende, pois Aécio já se sentia vitorioso...

Anônimo disse...


Pronatec vira Roubatec. Descontrole, desvio de bilhões e corrupção desmontam vitrina eleitoreira de Dilma.






Auditoria inédita da CGU (Controladoria-Geral da União) no Pronatec, uma das vitrines eleitorais de Dilma Rousseff (PT), afirma que não é possível precisar quantos alunos assistem de fato às aulas e como foram gastos os recursos repassados pelo governo federal às escolas. O documento, ao qual a Folha teve acesso, é resultado da primeira fiscalização focada no programa --criado há três anos para formar técnicos e exaltado pela petista.




O relatório, produzido a partir de entrevistas e análise de documentos, foi finalizado em 27 de agosto, depois de manifestação do MEC (Ministério da Educação). Ele aponta descontrole dos gastos públicos porque, diz a CGU, alunos desistentes continuam sendo contabilizados --e as instituições podem ser remuneradas por esse grupo que não frequenta mais as aulas, já que "não existe processo de prestação de contas nem análise e aprovação do cumprimento das vagas pactuadas com os ofertantes".




Os auditores analisaram a execução do principal braço do programa, chamado de Bolsa-Formação, por meio do qual a União banca aulas gratuitas de ensino técnico e de qualificação profissional. Ele representa cerca de 40% das mais de 8 milhões de matrículas no Pronatec --a maior parte das vagas é oferecida e custeada diretamente pelo Sistema S (Senai, Senac, Senat e Senar).




"O aluno desistente continua sendo contabilizado como se estivesse matriculado e a instituição recebe indevidamente o valor da Bolsa-Formação não utilizada", afirma o relatório da CGU. "Mesmo sem a cobrança, entrega e análise das prestações de contas, o FNDE [Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação] continuou transferindo recursos para as redes de ensino em 2013 e 2014, que juntos somam mais de R$ 4,5 bilhões", diz a auditoria da CGU. Em 2011 e 2012, foram distribuídos R$ 1,7 bilhão em bolsas. O governo federal nega descontrole.




DADOS FIDEDIGNOS

A auditoria diz que os problemas do programa começam pelo Sistec, sistema que gerencia as matrículas. "A rede de ensino não é obrigada a corrigir os dados do Sistec, que vem apresentando falhas desde a sua implementação, nem é obrigada a apresentar dados fidedignos", diz o documento. A meta de 8 milhões de matrículas do Pronatec foi alcançada em agosto e vem sendo usada como trunfo por Dilma. Neste ano, a presidente já participou de pelo menos 11 formaturas do Pronatec -- todas em Estados diferentes.




Segundo a propaganda eleitoral da petista, trata-se do "maior programa profissionalizante do mundo".Os auditores, porém, dizem que o sistema não permite o registro dos alunos que desistiram do curso. Tal falha impossibilita precisar quantos recebem a formação. "O Sistec não permite cancelar o registro de alunos desistentes, considerados aqueles que se matricularam e não compareceram nos cinco primeiros dias letivos de curso", diz o relatório da CGU.




As instituições deveriam "reconfirmar a matrícula" após cumprimento de até 25% da carga horária dos cursos de qualificação profissional ou dos quatro primeiros meses dos cursos técnicos. Mas a função não foi criada no sistema até hoje, admite o MEC. A falta de controle criou um ambiente favorável a fraudes, que já vêm sendo identificadas pelo Ministério Público Federal e pelo TCU (Tribunal de Contas da União).




No Pará, o então reitor do Instituto Federal em 2012 e outras 12 pessoas são acusadas de desvio de recursos --a denúncia foi aceita pela Justiça. No Paraná, dez servidores do Instituto Federal são investigados sob a acusação de inflar o número de aulas e receber por isso. O TCU apura se houve irregularidade em bolsas a servidores da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.(Folha de São Paulo)



Postado por O EDITOR às 08:30:00 19 comentários

Anônimo disse...

Não participará dos debates... Que final melancólico para a era do PT! Que anticlímax!

Anônimo disse...

DEIXA pra nós maltratar a DILMA!

DILMA, tú és NOJENTA!

No dia que abrirem os CARTÕES CORPORATIVOS da Presidência nestes DOZE ANOS de DESGOVERNO LULA/DILMA, ficarem espantados e iremos querem a prisão destes dois delinquentes!!!


Anônimo disse...

"Elas" são tão feministas, logo as duas sucuris querem posar de donzelas burguesas do século XIX?!

FAÇANHA, um patriota disse...

A cambada petista está realmente no maior dos desesperos: desemprego para a companheirada, cadeia para os
corruptos.

Anônimo disse...

Ela não foi mau tratada não Políbio o que ocorreu é que diante do paulada do debate o marqueteiro mequetrefe dela viu no episodio a oportunidade de inserir esse tema de fragilidade feminina que nela não pega mesmo.
Parece mais um canhão de Navarone, um tanque da guerra de 1917...só ceninha...
Nos brasileiro que a conhecemos sabemos que terrorista que pegou em armas no passado para trair o Brasil e que brada aos quatro ventos que foi duramente torturada...pra inglês ver, aguenta o tranco e ainda sai sorrindo...
Carlos Bonasser

Anônimo disse...

Mostra a machona de charuto nos beicos.
Ou quando atira notebook nos acessores,ou pratos na cozinheira. Aí ela nào é coitadinha.

Anônimo disse...

Pediu levou, o PT venceu as eleições até agora batendo em quem não se defendia, é ótimo ver Aécio se defendendo e dando o troco. O PT acha que todo mundo é bobo, finalmente encontraram alguém com coragem de enfrentá-los. Vai firme Aécio, se baterem revide, chega de só apanhar.

Anônimo disse...

Os jornalistas dizem, salvo as exceções de praxe, que tanto Aécio quanto Dilma são agressivos, o que é mentira, já que Aécio tão somente revidou a agressividade dessa Anta que nos desgoverna. E ainda por cima, Aécio revidou com bastante educação ao contrário da Jumenta petista que agora tenta se fazer de vítima pensando que o Brasil é composto por um amontoado de estúpidos como ela.
Esther

Nádia disse...

.

Esse foi um dos maiores tiros no pé..
Inventar uma coisa aqui, outra ali.. pode não ser certo, mas em alguma
medida acaba acontecendo em eleições..

Contudo, inventar algo contra o que Aécio nada poderia fazer
e ainda "contar uma história" tão pobre de realidade de algo que aconteceu
à vista de milhões de pessoas..
Sem nem considerar que é duplamente humilhante pras mulheres.. a situação
em si, e o uso mentiroso da mesma..

Subestimaram excessivamente a inteligência da população desta vez..
o lance virou fratura exposta q eles não tem como curar...Fim de campeonato.
Estão fora.

.

Anônimo disse...

Essas duas mulheres frágeis, são raivosas e descontroladas.Cuidado Aécio.

Luiz Oliveira disse...

Tadinhas! Que peninha, oh dó! Vão invocar agora a lei Maria da Penha em sua defesa essas duas verdadeiras ladies de bons modos e refinamento?

Anônimo disse...

Porque sera que o Aecioporto não processou o Juca Kfoury que o denunciou de agressão a atual mulher quando ainda era sua namorada esta no blog dele que o processe se for mentira quem cala consente.a CAPIVARA do elemento e grande é so consultar.

Anônimo disse...

Tô contigo Aécio, essa quadrilha de ladrões do mensalão e do petrolão, pensavam que tu serias igual o Serra e o Alkmin que se faizam de bom moço, não se defendendo.
- Chama de mentirosa e de roubarem o dinheiro público.

Anônimo disse...

No primeiro Turno o Rolando Lero também usou imagem e voz da Dilma e aécio, ambos elogiando o elemento. E agora mesmo o aécio está usando a voz de Dilma o elogiando, em outro momento, ´mas eles podem tudinho.

Anônimo disse...

Não sei quem é pior, se Dilma ou o Aécio. Só sei de uma coisa: votarei nulo - não voto em comunistas.