PP diz que Simon é ingrato, renegando apoios que recebeu do Partido para se eleger Senador

A nota do PP é a que segue, editada no que tem de mais substantivo para reduzir o espaço usado.

O Partido Progressista do Rio Grande do Sul (PP/RS) ao tomar conhecimento das declarações do senador Pedro Simon, feitas na pré-convenção do PMDB, agredindo de maneira gratuita e injusta a senadora Ana Amélia Lemos, vem a público manifestar sua tristeza e decepção com essa atitude que apequena a política gaúcha. É estranho e lamentável que o senador Simon tendo tantas outras preocupações com o seu mandato, resolva atacar a sua atual colega, Ana Amélia, que por quase 40 anos como jornalista sempre foi respeitada por seu caráter, credibilidade, imparcialidade e defesa da liberdade e dos interesses maiores do Rio Grande. Prova disso é que quando optou pela política, filiando-se ao PP e concorrendo ao Senado em 2010, fez mais de 3,4 milhões de votos.

O senador, até para justificar suas três décadas de mandato, tem o direito de falar do passado, desde que não seja oportunista e ingrato, desconhecendo a verdade e os fatos, como por exemplo, que em 1998 ele foi o candidato oficial apoiado pelo PP e, portanto, eleito senador também com os votos dos progressistas. Esquece, também, que o Partido Progressista apoiou, no segundo turno, os candidatos a governador do seu PMDB, ajudando a elegê-los em duas eleições (1994/2002). Ao que se sabe o senador Simon, tão crítico hoje, não fez nenhuma objeção ao apoio e nem recusou os votos que recebeu dos progressistas.

Não reconhecer isso, além de injusto, mostra sua incoerência, pois passa a idéia de que o PP gaúcho só é bom quando lhe serve e lhe dá votos. Aliás, a mesma opinião oportunista ele faz em relação à imprensa, julgando-a boa só quando fala bem dele.

Isto é decepcionante e melancólico. 

Porto Alegre, 16 de março de 1014

                                                                                 Celso Bernardi

                                                          Presidente Estadual do Partido Progressista

17 comentários:

Anônimo disse...

Na verdade Símon não é apenas "ingrato"...

Símon é um esquerdalha light e está se colocando a serviço da reeleição do líder máximo da esquerdalha hard gaúcha: Tarso Prevaricador Genro.

Anônimo disse...

Não é ingratidão, nem nada, chama-se "CAMPANHA ELEITORAL": "Nunca elogie seu adversário"!

Anônimo disse...

O Simon já perdeu o eixo há muito tempo. Ele poderia explicar, por exemplo, porque votou a favor da CPMF, juntamente com o Zambiazi e o Paim. Não adianta votar nesses candidatos de posição dúbia.

Anônimo disse...

Por favor PMDB:
Deixa eu ser suplente do Simon.

Anônimo disse...

O que acho uma pena é o PP se dizer oposição, mas na hora das votações apoia o PT, basta olhar a votação da investigação do escândalo da Petrobrás, só Renato Molling e Heinze votaram a favor, o Goergen vergonhosamente acompanhou o PT e OBSTRUIU. Tanto Simon como o PP são responsáveis pelo que vem acontecendo com o RGS e o Brasil devido a sua omissão e conivência.

Anônimo disse...

Eu não tenho nenhuma dúvida que a candidatura do Sartori visa somente impedir que a Ana Amélia se eleja no primeiro turno. O Simon já entrou no jogo de atacar. O propósito não é eleger o Sartori. Mas acho que, mesmo assim, a Ana Amélia leva esta eleição no primeiro turno.

aaaa disse...

Pobre Pedro...
Esqueceu deve ser coisa da idade...
Ou quem sabe dentes novos...
Fala nova!!!!!!!!!!!!!
Se não souber sair da ribalta vai acabar botando fora seu passado...

Anônimo disse...

Isto é só começo, vem muita falação por aí. Mas o Senador Simon, precisa entender que todos nós temos um limite e prazo de validade, o dele já expirou faz tempo. A sorte dele é que as pessoas não dão muita atenção ao discurso de uma pessoa com a idade dele. Com todo respeito aos mais velhos.

Anônimo disse...

Olha o que precisamos neste Brasil é diminuir este monte de partidos que temos, tudo umas porcarias.
Já que não tem como ficar sem estas porcarias, uns 6 ( Seis ) chega, assim não ficam enchendo o Saco.

Anônimo disse...

FORAM ACREDITAR NO BOQUINHA DE OURO, SE FERRARAM, POLITICO DE CARREIRA MENTE PARA SOBREVIVER, SE NÃO CUMPREM NEM LEI FEITA VÃO CUMPRIR PALAVRA.


EDUARDO MENEZES

Anônimo disse...

16 março 1014? O PP já fundiu a cabeça de alguém.

Anônimo disse...

O Senador gosta de atacar a oposicao em discurso mas na hora de votar é fechadinho com os petralhas.

Norton Dornelles de Castro disse...

Isto é briga de comadre, tanto o franciscano Simon como a traíra Amélia estão disputando a mão da governAnta Dilma
Quem viver verá

Anônimo disse...

Mandato de 8 anos para Senador é uma indecência. Muda Brasil. O Rio Grande está muito mal servido de Senadores e Deputados Federais. De deputados Estaduais, nem se fala. Vamos mudar isso....

Anônimo disse...

PP é um dos partidos mais atrasados do Brasil. Teve que buscar uma jornalista da Rbs para ser candidata, porque seu quadro é pífio.

jaguariense disse...

o boquinha de ouro, como dizia o Briza, adora um prato de lentilhas, coisa que a petralhada sempre tem em cima do fogão, quentinha, quentinha!
Esse foi o maior "MURISTA" da história gaúcha, falastrão das causas ganhas...
O pior, ele já morreu e equeceu de deitar!!!

Roberto disse...

Sempre votei na ARENA e sempre que o PP tem um candidato voto nele, mas o PP precisa urgentemente evitar as péssimas companhias, tais como a Mannú e o Pedrinho boca rica. É melhor andar só do que mal acompanhado. Visto que o RS não tem mais "reserva moral", talvez fosse hora do PP ocupar esse espaço.