Ativos de emergentes, inclusive Brasil, estão menos atraentes. Investidores migram para desenvolvidos.

Os investidores estrangeiros são como aves migratórias e começam a sair do Brasil.

Reportagem de domingo do The Wall Street Journal, assinada por Connaghan, Natarajan e Martin, indicam que moedas, títulos de dívida e ações dos mercados emergentes caíram acentuadamente na última sexta-feira, já que os ativos de países que vão desde a Tailândia ao Chile, incluindo o Brasil, se tornaram menos atraentes diante da alta dos juros de renda fixa nos mercados desenvolvidos e a melhora das perspectivas econômicas dos Estados Unidos. Leia mais a seguir.

. O real e o rand, moeda da África do Sul, caíram ao nível mais baixo em quatro anos em relação ao dólar. Os investidores venderam títulos de dívida, particularmente aqueles denominados em moedas em rápida desvalorização. As ações também caíram e as bolsas de vários países, do Brasil à Indonésia, sofreram grandes quedas.
           
. Os investidores venderam ativos de mercados emergentes durante a maior parte do mês de maio em meio a especulações de que o Federal Reserve, o banco central dos EUA, está se preparando para encerrar seu programa de compras de títulos de dívida, em uma resposta aos sinais de que a recuperação econômica do país está ganhando força.  Agora, com a alta da moeda americana e os rendimentos do Tesouro dos EUA alcançando o nível mais alto em 13 meses, os fluxos de investimento estão se revertendo.  

. Os investidores também estão preocupados com a que dados preços das commodities e a desaceleração do crescimento de vários países emergentes, uma reversão do panorama do início do ano, quando muitas economias em desenvolvimento pareciam estar avançando.

2 comentários:

Anônimo disse...

Políbio,

África do Sul e Brasil??

Dois países com Copa do Mundo que a FIFA ama de paixão por serem antros de corrupção!!!

Não é mera coincidência!!!

JulioK


Anônimo disse...

Acabou a ilusão: quem se deu, se deu bem, nesse caso só a China e olhe lá!!! No nosso caso, as burradas e a incompetência das nossas autoridades a coisa só tende a piorar, acorda povo!!! Fora que logo logo, Europa se restabelece, EUA melhorando, Japão também, então, resumamos: desenvolvido é desenvolvido e pobre é pobre, no nosso caso a segunda opçao.