sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Juiz peruano manda prender o ex-presidente Toledo, assecla de Lula e da Odebrecht

Menos complacente do que os juízes brasileiros com Lula, um juiz peruano emitiu nesta quinta-feira  uma ordem de prisão preventiva de 18 meses contra o ex-presidente Alejandro Toledo (foto ao lado), por supostamente ter recebido US$ 20 milhões em propinas da construtora Odebrecht.

Toledo, assecla de Lula e da Odebrecht, declara-se comunista e, por isto, inocente.

Lula recebeu muito mais e continua livre, leve e solto, atuando como pit bull nos ataques de trombadinha contra o MPF, a PF e a Justiça Federal.

O  juiz Richard Concepción, titular do Primeiro Tribunal de Investigação Preparatória da Sala Penal Nacional, confirmou a ordem de prisão preventiva solicitada pelo promotor anticorrupção Hamilton Castro, quem acusa o ex-presidente dos crimes de tráfico de influência e lavagem de dinheiro

5 comentários:

Anônimo disse...

LÁ NO PERU JÁ VAI PARA CADEIA O EX-PRESIDENTE, AQUI NO BRASIL OS "ILUMINADOS" DO STF, ACOVARDADOS COMO DIRIA O LULA, NEM PERSPECTIVA DE BOTARMOS O LIDER DA FACÇÃO CRIMINOSA NA CADEIA.
SE NESTE QUESITO PERDEMOS PARA O PERU, VAMOS EMPATAR COM QUEM ???

Anônimo disse...

O Michel não tomou a mesma atitude porque não tem moral para isso,tá enrolado até o pescoço também,mas tudo bem...Em 2018, Bolsonaro vai prender todos numa tacada só.

ARS disse...

Enquanto isso a jararaca quadrilheira continua solto, chorando por um olho só ao lado da filial, promovida à matriz.

Anônimo disse...

É QUE OS 9 JUÍZES DOS 11 DO STF DEVEM FAVORES OU GRATIDAO PARA O PT E PORTANTO DÃO DE ESQUERDA.

Anônimo disse...

Mais um amigo de LULA na cadeia. Por U$ 20 Milhões , que para alguns líderes do PT é gorjeta.!!!